PMPQRN/IQ PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA - REDE NACIONAL INSTITUTO DE QUÍMICA Téléphone/Extension: (84) 3342-2323/136 https://posgraduacao.ufrn.br/PROFQUI

Banca de DEFESA: LUCIANO SILVA DE MIRANDA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : LUCIANO SILVA DE MIRANDA
DATA : 31/01/2024
HORA: 14:30
LOCAL: Auditório do CCET
TÍTULO:

UTILIZAÇÃO DA REALIDADE AUMENTADA NA ABORDAGEM DIDÁTICA DE ASPECTOS DO CONTEÚDO DE REAÇÕES QUÍMICAS NO NÍVEL MÉDIO


PALAVRAS-CHAVES:

Realidade Aumentada; Sequência de atividades; Reações Químicas


PÁGINAS: 135
RESUMO:

O acréscimo significativo de publicações sobre Realidade Aumentada (RA) no ensino de Química, principalmente nos anos de 2019 a 2022 tem chamado atenção. A facilidade do manuseio por parte dos estudantes, ubiquidade e mobilidade pode ser um fator que explique essa difusão, bem como o contexto pandêmico. Nesse sentido, este trabalho de pesquisa objetivou a produção de uma sequência de atividades, como proposta de Produto Educacional para a abordagem de aspectos do conteúdo de Reações Químicas no Ensino   Médio,   utilizando   a   realidade   aumentada.   O   foco   da   investigação   foi   analisar   barreiras   e potencialidades da proposta, a partir das percepções dos estudantes participantes da pesquisa e de como os significados sobre esse conteúdo puderam ser mobilizados por estes no contexto das atividades em torno do uso da ferramenta. A etapa de coleta de dados empíricos foi realizada em uma turma de primeira série do ensino médio  de uma escola pública situada na  cidade do Natal-RN. Para o levantamento de dados foi utilizado diário de campo, gravações de áudio e das produções escritas ao longo das atividades da sequência. A análise dessas informações considerou aportes teórico-metodológicos da abordagem qualitativa. Os resultados evidenciaram inicialmente a emergência de distintos significados e expressões dos estudantes acerca do conteúdo objeto do conhecimento, favorecendo a sondagem de ideias prévias que contribuiram para o planejamento docente. Foram observadas também a geração de novas formas de interação entre os discentes e o professor, e entre os próprios discentes, no contexto das atividades, propiciando novas formas de visualização, descrições e interpretações de evidências de fenômenos químicos. Isso pode ter contribuído para fomentar questionamentos e reflexões associados ao entendimento dos modelos e dos níveis de conhecimento químico, que possivelmente não seriam suscitadas em aulas convencionais. A estratégia pode ser  útil enquanto  proposta  didática, apontando  possibilidades  ao  professor de  aguçar sua criatividade e direcionando-o a um planejamento articulado, dinâmico e mais bem fundamentado.


MEMBROS DA BANCA:
Externa à Instituição - KESIA KELLY VIEIRA DE CASTRO - UFERSA
Interno - 1138433 - LUIZ ALBERTO DA SILVA JUNIOR
Presidente - 2685063 - MELQUESEDEQUE DA SILVA FREIRE
Notícia cadastrada em: 15/01/2024 16:10
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa03-producao.info.ufrn.br.sigaa03-producao