Banca de QUALIFICAÇÃO: ANA LÍGIA PESSOA SAMPAIO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ANA LÍGIA PESSOA SAMPAIO
DATA : 26/03/2019
HORA: 10:50
LOCAL: Sala de videoconferência do PoP-RN
TÍTULO:

PROPOSTA DE SISTEMA CONSTRUTIVO EM TERRA COM
INCORPORAÇÃO DE MANIPUEIRA PARA A ZONA BIOCLIMÁTICA 07


PALAVRAS-CHAVES:

Terra Ensacada, Hiperadobe, Manipueira, Solo.


PÁGINAS: 60
RESUMO:

O território brasileiro não é uniforme e possui contextos bioclimáticos
específicos para cada região. Contudo, pouco se discutem esses contextos ao
se pensar em novos materiais e técnicas construtivas. Assim, sendo
classificado em oito zonas bioclimáticas com parâmetros e condições distintas
para se atingir o conforto conforme norma NBR 15.220 (Parte 3), parte-se da
Zona Bioclimática 07 como universo de estudo deste trabalho, que engloba
parte da caatinga e do cerrado brasileiro. Entre suas recomendações,
sugere-se que suas vedações, tanto paredes quanto coberturas, possuam
elevada massa térmica e tenha como estratégia de condicionamento passivo o
resfriamento evaporativo. Para isso, alguns materiais e técnicas surgem como
soluções possíveis a esses problemas, como é o caso das construções em
terra, como o superadobe, o hiperadobe e/ou o brickeradobe, que permitem
utilizar o solo do próprio terreno para construção, possuem elevada massa

térmica e boas propriedades termo-acústicas, mas que são pouco estudadas.
Assim como o uso da manipueira, um efluente oriundo do processo de
fabricação da farinha de mandioca em casas de farinha, que já vem sendo
utilizado em tijolos de adobe e solo-cimento. Esse resíduo reduz o potencial
Hidrogeniônico (pH) do sistema argila-agregado-manipueira, aumentando a
possibilidade de reações entre os compostos existentes na manipueira com os
argilominerais presentes na microestrutura do sistema proposto. Nesse sentido,
o objetivo deste trabalho é propor um sistema construtivo em terra baseado no
hiperadobe com incorporação de manipueira em substituição à água voltado
para a Zona Bioclimática 07. Para tanto, será realizada uma pesquisa
experimental em laboratório de forma a se caracterizar a manipueira e o solo
em função de suas propriedades físico-químicas, definir os teores de
água/manipueira e as formulações a serem estudadas. O solo coletado vem da
cidade de Pau dos Ferros/RN e a manipueira da cidade de Portalegre/RN.
Serão feitos ensaios de resistência à compressão, condutividade
termo-elétrica, absorção e microestrutura por meio de DRX, FRX e MEV, além
de simulações computacionais com os softwares Design Builder e Autodesk
Revit para se entender o comportamento do sistema ao longo do ano. Com
isso, espera-se chegar à uma proporção e espessura ideais dos materiais com
base nas suas propriedades e na análise das cartas climáticas da região.


MEMBROS DA BANCA:
Externa à Instituição - BIANCA DE ABREU NEGREIROS
Externo à Instituição - VAMBERTO MONTEIRO DA SILVA - IFPB
Presidente - 1149564 - WILSON ACCHAR
Notícia cadastrada em: 11/03/2019 14:17
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2019 - UFRN - sigaa04-producao.info.ufrn.br.sigaa04-producao