Banca de QUALIFICAÇÃO: LUCIA DE FATIMA LUCIO GOMES DA COSTA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LUCIA DE FATIMA LUCIO GOMES DA COSTA
DATA: 08/03/2013
HORA: 14:00
LOCAL: NEPSA
TÍTULO:

DESEMPENHO INTERNACIONAL DAS EMPRESAS EXPORTADORAS


PALAVRAS-CHAVES:

Internacionalização, Equações estruturais, Desempenho internacional


PÁGINAS: 135
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Administração
RESUMO:

A internacionalização é um fenômeno organizacional em evolução. Sua abordagem parte de uma análise processual e gradativa, acompanhando as teorias sobre estratégia como efeito consequente e deliberado do planejamento estratégico de negócios além das fronteiras, ao conceito de global born , empresa que são estabelecidas com intuito de atender o mercado internacional sem que essa medida precise acontecer de forma processual. Diante deste contexto teórico, a presente investigação apresenta uma proposta estrutural  que busca analisar o impacto decorrente das capacidades organizacionais e do ambiente externo sobre o desempenho internacional das  empresas exportadoras. Para tanto, o projeto faz um resgate teórico da evolução da estratégia de internacionalização, que surge através dos preceitos teóricos da abordagem estruturalista contingencial que mais tarde será perpassa as escolas da internacionalização nas décadas de 70 e 80, e discute o novo paradigma teórico da internacionalização que surge a partir da década de 90 com as empresas já nascidas globais. Esse recorte teórico visa abordar as formas sob as quais o fenômeno foi estudado a fim de eleger as variáveis que melhor representem as dimensões propostas: capacidades organizacionais e ambiente externo para explicar o desempenho internacional das organizações. Assim o modelo proposto apresenta dois sub modelos: o de medição e o estrutural. O de medição está relacionada com indicadores que visam apresentar em que medida será avaliada a variável dependente desempenho internacional, ao passo que o estrutural apresenta a relação que as dimensões capacidades organizacionais e ambiente externo sobre este desempenho internacional. Para isso se utilizou como campo empírico as empresas exportadoras do Nordeste. A pesquisa poderá trazer como contribuição teórica discussões de variáveis exógenas e latentes que permita compreender melhor o processo estratégico das organizações que realizam operações no mercado internacional.

 

 


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1543333 - ANDERSON LUIZ REZENDE MOL
Externo à Instituição - JORGE MANOEL TEIXEIRA CARNEIRO - PUC - RJ
Interno - 349728 - MARIA ARLETE DUARTE DE ARAUJO
Presidente - 349130 - MIGUEL EDUARDO MORENO ANEZ
Notícia cadastrada em: 27/02/2013 16:31
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa11-producao.info.ufrn.br.sigaa11-producao