Banca de DEFESA: MARIA ISABEL DE MEDEIROS BRITO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MARIA ISABEL DE MEDEIROS BRITO
DATA : 29/01/2021
HORA: 10:00
LOCAL: VIDEOCONFERÊNCIA (https://meet.google.com/joz-jupy-uju)
TÍTULO:

CASOS PARA ENSINO EM ADMINISTRAÇÃO: um estudo do processo de avaliação de aprendizagem na percepção de docentes e discentes de IES brasileiras


PALAVRAS-CHAVES:

do do Caso para Ensino. Avaliação da Aprendizagem. Ensino de Administração.


PÁGINAS: 180
RESUMO:

O uso de novas estratégias de ensino permite alinhar os conhecimentos teóricos com a prática profissional. Entre essas novas estratégias estão as metodologias ativas de ensino, dentre as quais destaca-se o caso para ensino. Ressalta-se que,  à medida em que são exploradas e experimentadas em sala de aula, é necessário examinar todos os aspectos que compõem o ensino e a aprendizagem neste ambiente, tal como a avaliação da aprendizagem. Nessa perspectiva, o objetivo desta pesquisa é compreender o processo de avaliação adotado na aplicação do método do caso para ensino em disciplinas de cursos de Administração em IES brasileiras. A metodologia deste estudo tem caráter exploratório com abordagem qualitativa, respaldado pela postura interpretativista, a partir de um estudo multicaso em duas instituições federais de ensino superior do Nordeste. Para a coleta de dados foram realizadas entrevistas semiestruturadas com professores e alunos que já passaram por disciplinas que tiveram a aplicação do método do Caso para Ensino. Após o tratamento, os dados foram analisados através da técnica da análise de conteúdo. Com os resultados, comparando-se as respostas dos professores e alunos pesquisados, encontrou-se em relação ao planejamento que os alunos e uma parte dos professores valorizam a forma de avaliação adotada, sobretudo as discussões dos alunos em grupos. Outra parte dos professores enfatiza o momento da avaliação, elaborando o plano de ensino e apresentando aos alunos. Quanto aos instrumentos de avaliação, questão respondida apenas pelos professores, a maioria deles não utiliza instrumentos pré definidos, usando como estratégia alternativa a leitura das respostas das questões. Em relação ao acompanhamento da avaliação, alunos e professores concordam que ele ocorre, sendo que os alunos enfatizam o feedback no fim da aplicação do caso para ensino e os professores valorizam a observação das discussões nos grupos. Alunos e professores também concordam que, a partir dos resultados da avaliação, alguma ação é adotada. A maioria dos professores afirma realizar essas ações dentro do mesmo semestre letivo, evidenciando a necessidade do aluno conhecer a teoria antes da aplicação do caso.  Já os alunos destacam a falta de comunicação dos professores para explicar o caso. Conclui-se, portanto, que utilizando-se o método do caso para ensino, mesmo que ainda sejam utilizadas formas tradicionais de avaliação, também são aplicados métodos de avaliação formativa, de modo que a avaliação aconteça durante o processo de aprendizagem, auxiliando os professores a diversificar os modos de avaliar e desenvolvendo nos estudantes além das competências técnicas, as habilidades necessárias para a formação do administrador.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - GABRIEL RODRIGO GOMES PESSANHA - UNIFAL-MG
Presidente - 1372521 - MARIA VALERIA PEREIRA DE ARAUJO
Interno - 2859852 - MAX LEANDRO DE ARAUJO BRITO
Notícia cadastrada em: 07/01/2021 09:43
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa12-producao.info.ufrn.br.sigaa12-producao