Banca de QUALIFICAÇÃO: ROBSON GÓES DE CARVALHO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ROBSON GÓES DE CARVALHO
DATA : 16/12/2019
HORA: 09:00
LOCAL: NEPSA II, Auditório I
TÍTULO:

FAMÍLIA DE ÍNDICE PARA O MERCADO DE RENDA FIXA E CRÉDITO PRIVADO BRASILEIRO: UMA PROPOSTA METODOLÓGICA DE CÁLCULO


PALAVRAS-CHAVES:

Crédito privado; debêntures; metodologia; índices de mercado; volatilidade e liquidez


PÁGINAS: 49
RESUMO:

A importância de um mercado de crédito privado dinâmico e bem estruturado, em
específico o mercado de títulos privados, é ponto importante para o crescimento de uma
economia. No caso do Brasil, as melhorias e dinamismo deste mercado podem ser
observadas através da implementação do sistema de Registro Único de Preços
(REUNE) e das instruções da Comissão de Valor Mobiliário (ICVM) 400 de 2003 e 476
de 2009, assim como da lei 14.431/2011 referente as debêntures incentivadas. Ações
que proporcionaram, acompanhadas de modificações macroeconômicas, um
crescimento nas emissões no mercado primário e maior número e volume de
negociações no mercado secundário das debêntures a partir do ano de 2012. Isso devido
ao fato de que as debêntures passam a ser uma melhor opção de obtenção de
financiamento por parte das corporações. Estimulando com isso a realização de maiores
investimentos dos agentes superavitários no referido ativo. Desta maneira, para que os
investidores possam ter uma melhor forma de acompanhar e estruturar seus
investimentos, com base nas informações das debêntures emitidas e negociadas nos
mercados entre os anos de 2013 – 2018, disponíveis no AMBIMA Data e no
debentures.com, será elaborada uma metodologia de construção de uma família de
índices dividida entre um Índice Geral Rating (IDGr), um Índice por Grupo de Rating
(IDr), subdividido em quatro subgrupos, e um Índice de Debêntures B3 (IDB3). Cujas
volatilidades vão ser analisadas através de quatro modelos GARCH de baixa ordem,
sendo considerado o que apresentar melhor resultado quanto aos critérios de Akaike
Information Criterion (AIC) e Bayesiano Information Criterion (BIC), além de um
modelo EGARCH para verificar a necessidade de implementação de um efeito
assimétrico. Por fim, será implementada uma análise fatorial de séries temporais, tendo
como base informações do bid-ask spread, negociações, títulos e turnover, para
elaboração de um único fator de liquidez para as debêntures negociadas no mercado
secundário brasileiro.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ECIO DE FÉRIAS COSTA - UFPE
Interno - 053.812.984-04 - ISRAEL JOSE DOS SANTOS FELIPE - UFRN
Presidente - 1802347 - VINICIO DE SOUZA E ALMEIDA
Notícia cadastrada em: 04/12/2019 07:32
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa11-producao.info.ufrn.br.sigaa11-producao