Banca de QUALIFICAÇÃO: AMANDA BORGES DE ALBUQUERQUE ASSUNCAO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : AMANDA BORGES DE ALBUQUERQUE ASSUNCAO
DATA : 05/05/2017
HORA: 15:00
LOCAL: NEPSA II
TÍTULO:

PERSISTÊNCIA DE VIESES COMPORTAMENTAIS: ENSAIOS EXPERIMENTAIS COM DISCENTES DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DE UMA IES PÚBLICA


PALAVRAS-CHAVES:

Vieses Comportamentais. Teoria dos Prospectos. Educação. 


PÁGINAS: 145
RESUMO:

Uma vez constatada a existência de irracionalidade na tomada de decisão, inúmeros estudos confirmaram a ocorrência de vieses comportamentais nas decisões dos indivíduos, entretanto, não foram encontrados estudos que buscassem minimizar os efeitos desses vieses, fato que representa uma lacuna na literatura. Nesse sentido, a presente pesquisa tem por objetivo investigar o efeito moderador do conhecimento sobre as decisões, minimizando os efeitos de vieses comportamentais, como: aversão à perda; contabilidade mental; efeito dotação e ancoragem; bem como a influência das características socioeconômicas. Trata-se de uma pesquisa descritiva, quantitativa, desenvolvida a partir de um quase-experimento realizado por meio de survey. Para transmitir o conhecimento aos participantes, foram produzidos vídeos acerca desse assunto e aqueles foram questionados sobre a temática antes e depois da exibição destes, de modo a verificar a existência de mudança no comportamento dos indivíduos, após o conhecimento dos vieses. As amostras são não probabilísticas, uma formada por participantes de um curso de extensão em finanças (210 observações válidas) e, a outra, por alunos do curso de graduação em Ciências Contábeis da UFRN (288 observações válidas). Foi utilizada a técnica da tabulação cruzada, tendo como verificador da significância estatística o teste de McNemar, tendo em vista ser o teste mais adequado para estudos do tipo “antes e depois”. Os resultados apontaram minimização dos efeitos para a maioria das variáveis dos vieses de aversão à perda e contabilidade mental e para algumas de ancoragem, entretanto, a minimização no caso do efeito dotação não teve significância estatística. Portanto, a presente pesquisa apresenta indícios da minimização dos efeitos dos vieses comportamentais com a ciência dos indivíduos acerca de sua existência, confirmando sua hipótese central. Contudo, para essa amostra, os efeitos não apresentaram persistência ao longo do tempo.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1543333 - ANDERSON LUIZ REZENDE MOL
Externo ao Programa - 2290876 - ANTONIO ALVES FILHO
Externo ao Programa - 2610882 - DIOGO HENRIQUE SILVA DE LIMA
Notícia cadastrada em: 25/04/2017 14:58
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa07-producao.info.ufrn.br.sigaa07-producao