Banca de DEFESA: MURILO BARRETO SANTANA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MURILO BARRETO SANTANA
DATA : 29/07/2016
HORA: 09:00
LOCAL: NEPSA II
TÍTULO:

TÍTULO: ESTRUTURA DE GOVERNANÇA DE MPEs E POLÍTICAS PUBLICAS DE APOIO A ARRANJOS E SISTEMAS PRODUTIVOS LOCAIS: UM ESTUDO NO ASPL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇAO DA BAHIA 


PALAVRAS-CHAVES:

PALAVRAS-CHAVE: GOVERNANÇA, ARRANJOS E SISTEMAS PRODUTIVOS LOCAIS, POLÍTICA PÚBLICA, PROGREDIR.


PÁGINAS: 205
RESUMO:

RESUMO:

Apesar do crescente interesse no estudo a respeito das governanças, instituições e políticas públicas, os trabalhos que relacionam os temas costumeiramente estão ligados à influência dos membros e instituições que compõem a governança sobre a trajetória/características da política. Para além dessas análises, esta tese visou compreender de que forma a estrutura de governança (mercado hierarquia, híbrida) escolhida pelos empresários envolvidos no ASPL de Tecnologia da Informação na Bahia é capaz de influenciar/explicar determinadas características da política pública PROGREDIR. Como forma de chegar ao objetivo proposto desenvolveu-se os seguintes passos: i) Caracterização das governanças das empresas no ASPL de TI da Bahia considerando sua estrutura e mecanismos de coordenação/instituições empregados; ii) Desenvolvimento da trajetória e características do apoio pelo programa PROGREDIR ao ASPL de TI; iii) Analise das possíveis consequências da estrutura que compõe a governança das empresas do ASPL de TI sobre as características do apoio concedido pelo programa PROGREDIR. A pesquisa contou com o apoio do arcabouço teórico da Nova Economia Institucional (NEI), especificamente na Economia dos Custos de Transação (ECT) - nos estudos de Oliver Williamson (1985, 1990, 1996) -, e na abordagem econômico-histórica da NEI. Por meio de pesquisa de campo (questionário aplicado junto aos empresários), bibliográfica e documental (documentos relativos à política coletados junto a secretaria responsável e órgãos de apoio) foi possível chegar aos resultados esperados. Os resultados denotam que, prioritariamente, as governanças dos empresários de TI pesquisados são hierárquicas, apesar da indicação pelas estruturas híbridas. Ademais, foram caracterizadas algumas especificidades da política, por meio da reconstrução de sua trajetória, que demonstraram possíveis influências da estrutura de governança escolhida sobre as características da política. Por meio dos resultados apresentados foi possível defender a tese de que a governança, não apenas por meio de indivíduos, grupos e instituições, mas também pela escolha da estrutura estabelecida, é capaz de determinar parte das características do apoio concedido ao ASPL de Tecnologia da Informação.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1149367 - MANOEL VERAS DE SOUSA NETO
Externo à Instituição - BENNY KRAMER COSTA - UNINOVE
Externo à Instituição - LENIN CAVALCANTI BRITO GUERRA - IFRN
Notícia cadastrada em: 07/07/2016 11:41
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa10-producao.info.ufrn.br.sigaa10-producao