Banca de QUALIFICAÇÃO: MARCOS FERNANDO MACHADO DE MEDEIROS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARCOS FERNANDO MACHADO DE MEDEIROS
DATA: 25/06/2014
HORA: 15:00
LOCAL: SALA DE REUNIÃO DO PPGA
TÍTULO:
UTILIZAÇÃO DA COMPUTAÇÃO EM NUVEM: A ATUAÇÃO DO GOVERNO FEDERAL NA DEFINIÇÃO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS NO BRASIL. 

PALAVRAS-CHAVES:

computação em nuvem; benefícios; limitações, definição de agenda; políticas públicas de tecnologia da informação


PÁGINAS: 97
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Administração
RESUMO:

Este trabalho parte da necessidade de se observar o contexto do governo federal para a utilização da computação em nuvem. Tem como objetivo geral compreender como a utilização computação em nuvem no governo pode ser impactada pela definição de políticas públicas. E ainda apresenta os seguintes objetivos específicos: avaliar o estado atual das políticas públicas existentes no Brasil que favorecem a utilização da computação em nuvem; verificar de que forma essas políticas públicas interferem na utilização da computação em nuvem pelo governo; identificar os benefícios na adoção da computação em nuvem pelo governo; e identificar as limitações à utilização da computação em nuvem pelo governo; Tem como bases teóricas os trabalhos de Marston, et al (2010), Vaquero et al (2009), Armbrust et al (2009), e outros autores que abordam a utilização da computação em nuvem, bem como os trabalhos de Zissis; Lekkas (2011); Goscinski; Brock (2010); Wang et al (2011); Kim (2009); López; Albanese; Sanchez (2011); Kundra (2011) que tratam dos benefícios do uso da computação em nuvem, além de suas limitações baseadas nos trabalhos de Armbrust et al (2009); Kim (2009); Mirashe; Kalyankar (2010);  Sultan (2011); Dorey; Leite (2011); Khorshed; Ali; Wasimi (2012); Shaikh; Sasikumar (2012). No que se refere ao processo de definição de agenda das políticas públicas, estre estudo tem como referência os autores Kingdon (2006); Cobb; Elder (1994); Frey (2000); Popper (2003); GelinskI; Seibel (2008). Em termos metodológicos, este estudo se caracteriza como uma pesquisa descritivo e exploratória, de natureza qualitativa, que tem a análise documental e de conteúdo como técnicas de análise dos dados que serão coletados por meio de entrevistas e pesquisas em documentos oficiais (leis, programas governamentais, projetos, entre outros).


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1149369 - ANATALIA SARAIVA MARTINS RAMOS
Presidente - 1149367 - MANOEL VERAS DE SOUSA NETO
Externo ao Programa - 1149626 - MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
Externo ao Programa - 010.461.894-92 - RICHARD MEDEIROS DE ARAÚJO - UFRN
Notícia cadastrada em: 18/06/2014 10:04
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa13-producao.info.ufrn.br.sigaa13-producao