Banca de DEFESA: RENAN FELINTO DE FARIAS AIRES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RENAN FELINTO DE FARIAS AIRES
DATA: 14/01/2014
HORA: 14:00
LOCAL: Setor V Sala D2
TÍTULO:

MODELO DE DECISÃO MULTICRITÉRIO PARA SELEÇÕES INTERCICLO DAS UNIVERSIDADES NOVAS: ESTUDO NA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE

 

 

 


 

 


PALAVRAS-CHAVES:

Universidade Nova; Processo de Bolonha; Mobilidade; Apoio Multicritério à Decisão.


PÁGINAS: 89
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Administração
RESUMO:

 

 

As discussões em que se desenvolvem as propostas de reforma universitária no Brasil compreendem, dentre outros aspectos, a concepção da universidade intitulada de “Universidade Nova”, cuja origem estrutural advém do projeto de lei da reforma da educação superior e dos fundamentos da unificação da educação superior europeia (processo de Bolonha). Em seu cerne, o processo de Bolonha impôs uma série de transformações, dentre as quais, a promoção da mobilidade, como estímulo à cooperação interinstitucional no intuito de permitir uma melhor e maior qualificação dos alunos. Apesar disso, o que se percebe é que este ponto é um dos principais aspectos deficientes apresentados pelas instituições brasileiras que adotaram esse modelo de ensino superior. Um exemplo disto é o Bacharelado em Ciências e Tecnologia - BC&T da Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN, em que existem problemas tanto de ordem interna, representada pelo problema de reaproveitamento de disciplinas, como de ordem externa, para os casos de transferências interinstitucionais. Por conta disto, e sabendo-se que este é um típico problema em que estão envolvidos múltiplos critérios, o objetivo deste estudo é propor um modelo multicritério para a seleção interciclo da EC&T da UFRN, que contemple a questão da mobilidade. Para tanto, este estudo, de caráter exploratório e delineado como estudo de caso, utilizou, como ferramentas de coleta de dados, as pesquisas bibliográfica e documental, além de entrevistas semiestruturadas. Para a elaboração do modelo, foram utilizadas as cinco fases mais comumente presentes nas modelagens dos problemas de pesquisa operacional em uma amostra de 91 discentes do BC&T. Como resultados, obteve-se um modelo que contempla a questão da mobilidade interna e externa da escola e que, além disso, também se mostrou mais robusto e justo do que o modelo atual do BC&T e também do que é utilizado nas demais graduações da UFRN, levando em consideração as expectativas de resultados dos decisores.

 

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 349782 - AFRANIO GALDINO DE ARAUJO
Externo ao Programa - 1229030 - HELIO ROBERTO HEKIS
Interno - 1753722 - LUCIANO FERREIRA
Externo à Instituição - MARLI DE FATIMA FERRAZ DA SILVA TACCONI - IFRN
Notícia cadastrada em: 20/12/2013 11:34
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa07-producao.info.ufrn.br.sigaa07-producao