Banca de QUALIFICAÇÃO: LARISSA MAYARA DA SILVA DAMASCENO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LARISSA MAYARA DA SILVA DAMASCENO
DATA: 20/12/2013
HORA: 08:00
LOCAL: NEPSA
TÍTULO:

FATORES QUE INFLUENCIAM A PREDISPOSIÇÃO DOS EMPREGADOS EM ADERIR A UMA POLÍTICA SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO


PALAVRAS-CHAVES:

Tecnologia da Informação. Governança de TI. Segurança da Informação. Comportamento de Segurança do Usuário. Comportamento Pró-Social.


PÁGINAS: 56
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Administração
RESUMO:

Sobre a presença da Tecnologia da Informação nas organizações, pode-se inferir que informação constitui um dos mais valiosos ativos para a organização de modo a assumir um caráter estratégico. Porém, este ambiente é complexo e heterogêneo, fazendo surgir questões pertinentes à Segurança da Informação que se tornam muito importantes para ajudar a proteger a organização das violações de segurança, que causam não somente perda de informações valiosas e prejudicam sua reputação, mas também a impede de negociar. Ela consiste na proteção da informação em suas propriedades (confidencialidade, integridade e disponibilidade) e em seus aspectos (autenticidade, legalidade etc.), evitando que as vulnerabilidades dos ativos relacionados sejam exploradas por ameaças e possam trazer consequências negativas para os negócios de uma organização. Por outro lado, estudos internacionais na área e pesquisas de mercado apontam que a origem dos acidentes com os ativos de informação está nas pessoas da própria organização em vez de ataques externos. Um dos meios para promover uma cultura de segurança entre os empregados é a organização redigir uma Política de Segurança da Informação, que é um documento que constam declarações de diretrizes gerais de metas a serem alcançadas em relação à segurança dos recursos de informações corporativas. Mas, para ela ser eficaz, é necessário que o empregado tenha prontidão para aceitar e seguir os procedimentos e normas de segurança. Para tanto, o presente estudo tem como objetivo investigar os motivadores extrínsecos e intrínsecos que afetam a predisposição do usuário em estar em conformidade com as políticas de segurança da organização. O referencial teórico aborda temáticas referentes à governança de TI, segurança da informação e comportamento pró-social. Será realizada a replicação de um modelo teórico que visa identificar os motivadores intrínsecos e extrínsecos que influenciam a adesão às políticas de segurança pelos empregados afim de investigar os motivos que influenciariam a pronta aceitação dos empregados e auxiliar as organizações a redigirem Políticas de Segurança eficazes.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1149369 - ANATALIA SARAIVA MARTINS RAMOS
Interno - 1753722 - LUCIANO FERREIRA
Interno - 1149367 - MANOEL VERAS DE SOUSA NETO
Notícia cadastrada em: 16/12/2013 16:13
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa09-producao.info.ufrn.br.sigaa09-producao