Banca de DEFESA: ALCEBÍADES DE SOUSA FILHO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ALCEBÍADES DE SOUSA FILHO
DATA : 24/08/2021
HORA: 14:30
LOCAL: videoconferência ppgdem/UFRN
TÍTULO:

RELAÇÕES ENTRE DADOS E ESTUDOS POPULACIONAIS NO BRASIL: UM ESTUDO DE CASO DO PPGDEM, DE 2013 A 2020


PALAVRAS-CHAVES:

Fontes de dados; Estudos populacionais; PPgDem; Nordeste; Brasil


PÁGINAS: 94
RESUMO:

O Brasil vem sendo palco da diversificação de atividades de produção de dados populacionais sobre múltiplos aspectos. Grande parte desses dados pode ser atribuída ao Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), ministérios, cartórios, unidades de saúde, de educação, instituições compiladoras de indicadores, empresas privadas, entre outros. Essa diversidade de instituições reflete distintas características metodológicas, níveis de abrangência territorial, temporal e temáticas dos dados nacionais e que podem influenciar diversos aspectos dos estudos demográficos no país. Nesse contexto, o objetivo principal deste estudo foi verificar como as fontes de dados nacionais podem ter influenciado abordagens de temas, de espaços e de períodos de análise em estudos populacionais produzidos no Brasil, tendo como referência dissertações defendidas no Programa de Pós-graduação em Demografia na UFRN, de 2013 a 2020. As hipóteses deste estudo foram: as escolhas dos temas e dos dados são diferenciais por características individuais do discente autor da dissertação; quanto mais específico for o objeto de estudo, em termos de tempo e unidade geográfica analisados, mais escassos são os dados oficiais que permitem desenvolve-lo; as dissertações desenvolvidas no PpgDem no período analisado contribuíram para o desenvolvimento de pesquisas sobre a Demografia da Região Nordeste. Considerando o PPgDem como um estudo de caso, construiu-se um banco de dados a partir de informações extraídas de 72 dissertações defendidas naquele programa de 20113 a 2020. De um modo geral, as análises descritivas apontaram predominância de defesas de discentes do sexo feminino e preferência por temas de acordo com o sexo do discente. Quanto às características dos dados utilizados, constatou-se, predominância de utilização de dados censitários, provenientes do IBGE e de registros administrativos oriundos de ministérios federais. No entanto, para subsidiar estudos para pequenas áreas, foram utilizadas fontes de dados mais regionais ou próprias dos pesquisadores, e estes casos foram minoria no conjunto de dissertações analisadas. As unidades geográficas mais exploradas foram o Brasil e a Grande Região, com destaque para a Região Nordeste. Sugere-se para futuros estudos uma análise considerando os demais centros de ensino e pesquisa em estudos populacionais, e inclusão de outras características das dissertações e autores  e métodos de análise de dados qualitativos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2081758 - LUCIANA CONCEICAO DE LIMA
Interna - 1803637 - CRISTIANE SILVA CORREA
Interno - 1016026 - JOSE VILTON COSTA
Externa à Instituição - LUCIENE APARECIDA FERREIRA DE BARROS LONGO - IBGE
Notícia cadastrada em: 24/08/2021 10:05
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa03-producao.info.ufrn.br.sigaa03-producao