Banca de DEFESA: AUREA EMILIA DA SILVA PINTO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: AUREA EMILIA DA SILVA PINTO
DATA: 28/09/2012
HORA: 14:00
LOCAL: LOCAL A DEFINIR
TÍTULO:

LUDOPOIESE E HUMANESCÊNCIA NA VIDA DE EDUCADORES EM SAÚDE DA ANEPS-RN


PALAVRAS-CHAVES:

Corporeidade; Ludopoiese; Humanescência; Educação em Saúde; Autoformação Humanescente.


PÁGINAS: 153
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
RESUMO:

Este estudo foi desenvolvido com educadores em saúde que atuam no Núcleo Estadual da Articulação Nacional de Movimentos e Práticas de Educação Popular em Saúde do Rio Grande do Norte, tendo como objetivo central descrever e interpretar como a ludopoiese e a humanescência se revelam na vida de educadores em saúde e contribuem para a sua autoformação humanescente. Pesquisa compreendida no contexto da abordagem qualitativa e caracterizada como pesquisa-ação existencial, adotando os princípios e fundamentos etnofenomenológicos que contemplam valores, desejos, sentidos e significados. Como recurso para explorar a riqueza da construção do conhecimento, utilizamos a Metafóra Água atenta as suas ações e consciente de sua importância para a humanidade. Buscamos construir novo saberes, experienciar novas descobertas, iluminada pelos momentos de autorreflexão e de autorreconhecimento, fazendo novas conexões ontológicas, epistemológicas e metodológicas, mediadas pela emoção, sensibilidade, criatividade e pela ludicidade. A pesquisa delimitou-se a um grupo de dez educadores em saúde participantes do Núcleo Estadual da ANEPS/RN, nos anos 2010 a 2011. Utilizamos como instrumentos o questionário, a entrevista, a observação participante, o jogo de areia e o registro fotográfico. O processo de análise e interpretação dos dados foi centralizado nas propriedades ludopoiéticas: autotelia, autovalia, autoterritorialidade, autoconectividade e autofruição, fazendo relações com o referencial teórico trabalhado. As análises também revelam a importância do diálogo, da escuta das experiências comunitárias. É na interação, na experiencialidade, na reflexividade sobre a vida que a humanescência se revela transformando, embelezando, configurando a Teia da Corporeidade, onde emerge o fenômeno da ludopoiese. Na riqueza dos processos revelados na vida dos educadores em saúde se expressaram a beleza do encontro das águas com o oceano ludopoiético e humanescente.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 349790 - EDMILSON FERREIRA PIRES
Interno - 4197701 - ERIKA DOS REIS GUSMAO ANDRADE
Interno - 6423406 - MARIA DO ROSARIO DE FATIMA DE CARVALHO
Externo à Instituição - TEREZA LUIZA DE FRANÇA - UFPE
Notícia cadastrada em: 04/09/2012 09:17
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa02-producao.info.ufrn.br.sigaa02-producao