Banca de DEFESA: OLENIA AIDE LEAL DE MESQUITA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : OLENIA AIDE LEAL DE MESQUITA
DATA : 04/12/2023
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório 02 do PPGEd - NEPSA II
TÍTULO:

O CORPO E A LINGUAGEM DA CAPOEIRA: Apontamentos para uma educação pela estesiologia do corpo


PALAVRAS-CHAVES:

Corpo, Capoeira, educação, fenomenologia, estesiologia.


PÁGINAS: 153
RESUMO:

Esta tese tem como proposição que a experiência do corpo na vivência da Capoeira evidencia uma educação estesiológica e sensível, que amplifica seus sentidos e contribui no processo de construção de sujeitos condutores de suas próprias histórias e também de uma melhor compreensão e valorização da cultura em que estão inseridos. Como objetivos, buscamos evidenciar educação a partir da gestualidade e da vivência da Capoeira; Apontar sentidos educativos presentes na Capoeira; Refletir sobre uma educação estesiológica na Capoeira, utilizando o método fenomenológico de Merleau-Ponty como suporte metodológico, em conjunto com a rede de significados. Na busca desses sentidos, faço um relato da minha própria história e experiência com a Capoeira e acerca da minha vivência e percepção com a visita ao Memorial da Capoeira, situado no bairro de Cidade Nova em Natal, também realizamos entrevistas estruturadas com Mestres e Contramestres de Capoeira e a descrição e discussão do filme Besouro e todos esses dados e impressões foram reunidos e discutido, seguindo a ordem primeira da percepção, depois da descrição, redução e compreensão do fenômeno investigado com o auxílio de autores como Merleau-Ponty (1992; 2000; 2011), Paul Zumthor (1993), Medeiros (2010), Nóbrega (2010; 2015; 2016) e Freire (1987). Com isso, pudemos discutir e confirmar o corpo como fonte primeira e unificada do saber e que a educação sensível tem muito a contribuir para a educação, evidenciando a estesiologia como possibilitadora da estrutura da comunicação dada pela percepção, que desencadeará uma nova aprendizagem, um novo conhecimento. Concluímos, portanto, que a aprendizagem da Capoeira não pode ser simples repetição de movimento, mas deve atribuir sentidos aos movimentos, comunicar-se pelos seus gestos, conhecer os elementos que a constituem, que formam a roda, sejam os instrumentos, os rituais, as músicas ou os golpes, colhendo suas significações que estão ali, latentes e prontas para preencher nosso ser, educando pela estesiologia do corpo.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1672476 - ROSIE MARIE NASCIMENTO DE MEDEIROS
Externo ao Programa - 349700 - LUIZ CARVALHO DE ASSUNCAO - UFRNExterno ao Programa - 1958705 - MARCILIO DE SOUZA VIEIRA - UFRNExterna à Instituição - ANA CRISTINA ZIMMERMANN - USP
Externo à Instituição - LUIZ ARTHUR NUNES DA SILVA - IFRN
Notícia cadastrada em: 04/12/2023 09:07
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa14-producao.info.ufrn.br.sigaa14-producao