Banca de DEFESA: RAFAEL EMIL KOROSSY MARQUES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : RAFAEL EMIL KOROSSY MARQUES
DATA : 21/12/2020
HORA: 14:30
LOCAL: http://meet.google.com/nbh-nbir-vcd
TÍTULO:

A PRODUÇÃO AUDIOVISUAL NO CONTEXTO DA SURDEZ: Discutindo parâmetros e consultoria


PALAVRAS-CHAVES:

Produção audiovisual. Acessibilidade. Surdos e Ensurdecidos. Consultoria Surda.


PÁGINAS: 137
RESUMO:

Para que o sujeito surdo possa ter acesso livre ao conhecimento e possa desenvolver, integralmente, todas as suas potencialidades, faz-se necessário a acessibilidade em língua de sinais (no Brasil, Língua Brasileira de Sinais – Libras), considerada pela Lei nº 10.436/2002 e o Decreto nº 5.626/2005 a língua materna (primeira língua) da pessoa surda. Dessa forma, o objetivo desta presente pesquisa consiste em analisar a acessibilidade para surdos em um documentário, considerando os parâmetros da área e a consultoria surda, interpretação e tradução em Libras e a legendagem, a partir de um estudo de recepção junto a representantes da comunidade surda. O tipo de pesquisa inscreve-se no estudo de caso da abordagem qualitativa e interpretativa (qualitativo-interpretativa). Os procedimentos metodológicos serão: análise do vídeo-documentário “No Mato das Mangabeiras”, considerando a acessibilidade em Libras e a legendagem; investigação dos parâmetros de Tradução/Interpretação em Libras e de legendagem junto a representantes da comunidade surda, por meio da constituição de grupo focal; sistematização da recepção do documentário, no qual treze sujeitos surdos irão assistir um vídeo-documentário com legenda e janela de Libras; construção de dados a partir de dois questionários para o primeiro e o último encontro com perguntas diferentes para conhecerem melhor nossa pesquisa, o papel do consultor surdo. Assim, esse tipo de pesquisa poderá permitir que o objeto de estudo tradução e interpretação em Libras e legendagem para surdos no audiovisual seja investigado de forma interpretativa e próxima de um conjunto de fatos reais que subscrevem o contexto da acessibilidade de recursos audiovisuais para pessoas surdas. Os resultados revelaram a importância da consultoria surda no audiovisual, pois o consultor surdo pode orientar, junto a outros profissionais da acessibilidade, a melhoria dos parâmetros da janela de Libras e da legendagem, bem como trabalhar com terminologia junto à tradução e interpretação em Libras. No entanto, faz-se necessário mais estudos sobre a consultoria surda em outras áreas em Libras e reflexões sobre acessibilidade para surdos a fim de garantir a qualidade de tradução e interpretação em Libras.


MEMBROS DA BANCA:
Externa à Instituição - PATRÍCIA ARAÚJO VIEIRA - UFC
Externo à Instituição - EDUARDO GOMES ONOFRE - UEPB
Interna - 2313711 - FLAVIA ROLDAN VIANA
Presidente - 1149574 - JEFFERSON FERNANDES ALVES
Interna - 3315373 - LUZIA GUACIRA DOS SANTOS SILVA
Notícia cadastrada em: 07/12/2020 09:43
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa14-producao.info.ufrn.br.sigaa14-producao