Banca de DEFESA: TAINÁ DA SILVA BANDEIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : TAINÁ DA SILVA BANDEIRA
DATA : 24/02/2017
HORA: 09:30
LOCAL: Multimeios II - Centro de Educação
TÍTULO:

ESCOLA TÉCNICA DE COMÉRCIO UNIÃO CAIXEIRAL: GÊNESE E DUALIDADES DE UM PROCESSO DE CRIAÇÃO (1911 A 1937), NO MUNICÍPIO DE MOSSORÓ, RN


PALAVRAS-CHAVES:

Instituição Escolar. Ensino profissional. União Caixeiral.


PÁGINAS: 166
RESUMO:

O seguinte trabalho tem por objeto o processo de criação da Escola Técnica de Comércio União Caixeiral, no período de 1911 a 1937, no município de Mossoró/RN, e está inserido no campo da História das Instituições Escolares. Essa escola foi criada pela entidade trabalhista Sociedade União Caixeiral, grupo que reunia comerciantes locais em prol de desejos em comum. Objetivando analisar o pensar e criar essa Instituição Escolar, indagamos em que medida as determinações dos contextos - socioeconômico e educacional – definiram o processo de institucionalização da Escola Técnica de Comércio União Caixeiral pela Sociedade União Caixeiral. Tendo como hipótese que a escola foi determinada por esses contextos e que no ato da sua implantação, reafirmou as características dicotômicas oriundas do contexto socioeconômico e constituídas no cenário educacional. Na busca por respostas, utilizamos como fonte os documentos da Sociedade União Caixeiral, jornais digitalizados e impressos, documentos legais, Relatórios dos Presidentes do Estado, literatura pertinente e textos memorialísticos. Como abordagem mais viável, foi utilizada a dialética na abordagem marxista, assim, foi possível compreender “a conexão íntima entre a forma pela qual a sociedade produz existência material e a escola que cria” (BUFFA; NOSELLA, 2005, p.362). Por pensarmos na sistematização de práticas informais até sua implantação e, nesse percurso, analisarmos as dicotomias que caracterizaram essa institucionalização temos por conceitos base Instituição – com base nos estudos de Magalhães (2004) – e Dualidade – embasado em Cunha (2005). O ensino comercial começou a ser pensado logo após a fundação da Sociedade União Caixeiral, em 1911, que já exercia práticas informais lecionadas pelos próprios sócios. Na busca por destaque social, essa entidade fortaleceu o processo de institucionalização e, em 1936, implantou a Escola Técnica de Comércio União Caixeiral, um espaço de ensino profissional organizado pela elite com pretensão de atender aos seus funcionários. Essa ação seguia a própria dinâmica do município de Mossoró, elite pensando modificações do município com base em suas próprias necessidades e interesses. Desse modo, o processo, aqui analisado, foi delineado pelas dualidades hierárquicas, nas quais a camada social dos dirigentes foi privilegiada em detrimento do grupo de trabalhadores e, cunhou a escola que, por ser direcionada aos funcionários do comércio, iniciou oferecendo ensino instrumental e estruturas deficientes reafirmando a precariedade presente nos outros espaços sociais direcionados ao grupo social oposta da elite. A Escola Técnica de Comércio União Caixeiral foi criada como forma de reafirmar, em Mossoró, o poder da Sociedade União Caixeiral, que expandia sua influência além do espaço econômico, adentrando no educacional.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1149638 - ANTONIO BASILIO NOVAES THOMAZ DE MENEZES
Externo à Instituição - JOSE MATEUS DO NASCIMENTO - IFRN
Interno - 6347203 - MARLUCIA MENEZES DE PAIVA
Externo ao Programa - 2527711 - OLIVIA MORAIS DE MEDEIROS NETA
Notícia cadastrada em: 10/02/2017 14:48
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa04-producao.info.ufrn.br.sigaa04-producao