Banca de QUALIFICAÇÃO: CLAUDETE RODRIGUES DE SOUZA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CLAUDETE RODRIGUES DE SOUZA
DATA: 22/07/2013
HORA: 08:30
LOCAL: Auditório do Departamento de Geologia - DG
TÍTULO:

CARACTERIZAÇÃO SEDIMENTOLÓGICA E MONITORAMENTO AMBIENTAL EM ATIVIDADES DE PERFURAÇÃO DE POÇOS NA  BACIA POTIGUAR.


PALAVRAS-CHAVES:

Plataforma continental, Bacia Potiguar, Atividade de Perfuração.


PÁGINAS: 31
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Geociências
RESUMO:

Este trabalho apresenta um estudo de Monitoramento ambiental da plataforma continental em águas rasas. Esse tipo de estudo possui  uma grande importancia, especialmente em áreas de exploração de recursos geológicos. Estudos de monitoramento anteriores no Brasil foram realizados em águas profundas na Bacia de Campos. Este trabalho está sendo desenvolvido sobre a plataforma externa da bacia Potiguar, com o objetivo de caracterizar a variação em sedimentos associados aos efeitos de atividade de perfuração que ocorrem na área de estudo.  A plataforma continental localizada no estado do Rio Grande do Norte, Nordeste do Brasil, representa um sistema moderno, altamente dinâmico. Na Bacia Potiguar a plataforma é estreita (em média de 40 a60 kmde largura) e rasa, com limite externo em torno de 50-60 mde profundidade.É caracterizada como uma plataforma mista apresentando a transição de um sistema dominantemente siliciclástico na plataforma interna, carbonato-siliciclásticos na plataforma média, para dominantemente carbonáticos na plataforma externa.Amostras  de sedimento de fundo foram coletadas em três  campanhas amostrais com mesma malha amostral, antes e após a atividade de perfuração, e um ano após a conclusão da atividade de perfuração. Cada amostra coletada durante cada cruzeiro foi analisada para o tamanho do grão, textura, mineralogia, teor de carbonato e determinação da matéria orgânica. Foram realizados estudos estatísticos em relação as variáveis de carbonato de calcio, matéria organica,cascalho,areia e lama com base em testes não parámetricos.Os resultados granulométricos mostram uma predominancia de partículas na fracção de areia grossa (superior a 75%), seguido por cascalho e lama. O teor de carbonato de cálcio é elevado (superior a 90%) e o teor de matéria orgânica é baixo (inferior a 12%). Comparando os resultados obtidos nos três cruzeiros (antes, depois e 1 ano após a perfuração) indicam que não ocorreram grandes diferenças significativas, foi observado em relação carbonato de cálcio ou o teor de areia, lama variável não foi afectada pela  perfuração do poço, enquanto que a variável matéria orgânica sofreu uma alteração significativa entre a pré perfuração e actividade após a perfuração. Nos três cruzeiros os  sedimentos bioclásticos predominam e são representados principalmente por testas de foraminíferos, moluscos, briozoários e algas calcárias. Os sedimentos siliciclásticos  em todas as campanhas possuem um baixo percentua, sendo representado principalmente por grãos de quartzo. Estes resultados indicam alterações nas propriedades dos sedimentos que podem estar relacionados a  atividades de perfuração e fatores sazonais nos três períodos analisados.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 347608 - GERMANO MELO JUNIOR
Presidente - 2218779 - HELENICE VITAL
Externo ao Programa - 2042405 - MOAB PRAXEDES GOMES
Notícia cadastrada em: 18/07/2013 13:06
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa06-producao.info.ufrn.br.sigaa06-producao