Banca de DEFESA: FLAVIO LEMOS DE SANTANA - (Retificação)

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.

DISCENTE: FLAVIO LEMOS DE SANTANA

DATA: 30/07/2010

HORA: 14:30

LOCAL: Auditorio do LGGP

TÍTULO:

Inversão Hipocentral Utilizando Vínculo de Proximidade a Eixo ou Plano


PALAVRAS-CHAVES:

 

Inversão hipocentral, localização de terremotos, problemas inversos, sismicidade intraplaca.


PÁGINAS: 120

GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra

ÁREA: Geociências

SUBÁREA: Geofísica

ESPECIALIDADE: Geofísica Aplicada

RESUMO:

A inversão hipocentral é um processo que estima as coordenadas e o tempo de origem do hipocentro de um dado terremoto. Em geral, as informações utilizadas para resolver esse problema são o conjunto dos tempos de chegada das ondas sísmicas nas estações sismográficas, além de um modelo de velocidades. Os hipocentros são encontrados minimizando-se uma função-objeto que mede as discrepâncias entre os valores dos tempos de chegada gerados pelo modelo direto e os tempos de chegada observados. Normalmente, a função objeto possui muitos mínimos, ou seja, mais do que uma localização para o hipocentro ajusta as observações dos tempos de chegada de um dado terremoto. Assim, o problema inverso de determinar os hipocentros é mal posto. Para reduzir a ambigüidade e regularizar o problema, neste trabalho desenvolvemos uma metodologia de inversão hipocentral na qual são utilizados vínculos de proximidade espacial dos hipocentros a planos e eixos. Esse vínculos introduzem no problema o viés geológico de que terremotos ocorrem geralmente ao longo de planos de falhas, podendo, esses planos, desenvolverem estrias muito bem definidas. Dessa forma, a ambigüidade nas soluções é diminuída porque se reduz o espaço de soluções possíveis para os hipocentros. A norma utilizada para o ajuste dos tempos de chegada foi a norma L1. Para o critério de proximidade espacial, foi utilizada a norma L1 para medir a distancia a planos, e a norma L2, para distancia a eixos. Para minimizar a função-objeto do problema inverso vinculado, utilizou-se o método de busca direta COMPLEX. Esse método não faz uso do cálculo de derivadas, permitindo assim o uso de funcionais não diferenciáveis, como é o caso. Comparamos a nossa abordagem com uma abordagem normalmente utilizada na literatura (HYPO71 by Lee & Lahr, 1975), empregando tanto dados sintéticos como dados reais. A sequência de dados reais resulta de um conjunto de terremotos intraplaca, ocorridos no ano de 1987, próximo à cidade de João Câmara, no estado do Rio Grande do Norte. Os resultados  – tanto em dados sintéticos, como em dados reais – mostram que nossa abordagem melhora consideravelmente a definição dos planos de falha e não produz alguns artefatos introduzidos pelo método HYPO71.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 349684 - WALTER EUGENIO DE MEDEIROS
Interno - 1451214 - ADERSON FARIAS DO NASCIMENTO
Interno - 346467 - JOAQUIM MENDES FERREIRA
Externo ao Programa - 347177 - ROBERTO HUGO BIELSCHOWSKY
Externo à Instituição - AFONSO EMÍDIO VASCONCELOS LOPES - USP
Externo à Instituição - JOÃO BATISTA CORREIA DA SILVA - UFPA
Notícia cadastrada em: 11/10/2010 12:14
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa05-producao.info.ufrn.br.sigaa05-producao