Banca de DEFESA: THABITA SOFIA GOMES BARBOSA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : THABITA SOFIA GOMES BARBOSA
DATA : 30/03/2022
HORA: 14:00
LOCAL: videoconferência https://www.youtube.com/channel/UCCBwJxTIfyeGmQSqDLK6duw
TÍTULO:

Estrutura Litosférica da Bacia Potiguar com Inversão Simultânea de Função do Receptor e Curvas de Dispersão


PALAVRAS-CHAVES:

Bacia Potiguar emersa; inversão simultânea; empilhamento H-k; intrusões magmáticas; LAB


PÁGINAS: 98
RESUMO:

A abertura do Atlântico Sul e Equatorial durante o Jurássico/Cretáceo deu origem a diversas bacias interiores e marginais que compõem o sistema de rifte do Nordeste brasileiro. A Bacia Potiguar, localizada no extremo leste da margem equatorial brasileira é produto desse complexo processo de rifteamento. Em sua porção emersa a estrutura litosférica é caracterizada por um fluxo de calor superficial incomum com valores acima de 101 mW/m^2e baixas velocidades de propagação das ondas sísmicas a profundidades abaixo de 100 km. Portanto, com o objetivo de melhor entender a estrutura litosférica dessa bacia, realizamos o empilhamento H-k e a inversão simultânea de função do receptor e curvas de dispersão para 16 estações localizadas na Bacia Potiguar emersa e sua vizinhança. Nossos resultados mostram (i) uma crosta relativamente fina (H ~30.1 km) sob a Bacia Potiguar quando comparada a sua vizinhança (H ~32 km) (ii) a existência de uma camada anômala de ~4.3 km/s a profundidades ente 30 – 40 km na maioria das estações (iii) e a presença de um gradiente negativo em aproximadamente 125 km de profundidade que provavelmente representa uma borda entre litosfera e astenosfera (LAB) rasa. Desta forma, nós propomos que a camada de velocidade S anômala logo abaixo da Moho está associada a intrusões magmáticas mais profundas e que essas intrusões são resultado de um fluxo sublitosférico ativo que mantém a listofera da bacia quente e afinada. Além disso, propomos também que o aquecimento direto do manto sublitosférico pode estar adicionalmente contribuindo aos valores elevados de fluxo de calor na superfície.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1451214 - ADERSON FARIAS DO NASCIMENTO
Externo à Instituição - CARLOS ALBERTO MORENO CHAVES - USP
Interno - 1315614 - DAVID LOPES DE CASTRO
Notícia cadastrada em: 18/03/2022 15:51
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa01-producao.info.ufrn.br.sigaa01-producao