Banca de DEFESA: JOSÉ REINALDO PEREIRA DOS SANTOS FILHO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JOSÉ REINALDO PEREIRA DOS SANTOS FILHO
DATA : 21/02/2022
HORA: 09:00
LOCAL: videoconferência
TÍTULO:

Estratigrafia de Sequências do Albiano superior ao Eoceno médio da Sub-Bacia de Mundaú, Bacia do Ceará, com ênfase aos plays exploratórios


PALAVRAS-CHAVES:

Estratigrafia de Sequências; Sub-Bacia de Mundaú; Reservatórios Turbidíticos; Plays Exploratórios


PÁGINAS: 65
RESUMO:

A Bacia do Ceará, localizada na porção leste da Margem Equatorial, abrange geograficamente os estados do Ceará, Piauí e parte do Maranhão. A bacia é subdividida de oeste para leste em quatro sub-bacias: Piauí-Camocim, Acaraú, Icaraí e Mundaú, sendo esta última a região de estudo. A Sub-Bacia de Mundaú abrange uma área de aproximadamente 12.000 km2, e nela são reconhecidos três estágios tectonossedimentares: Rifte, Pós-Rifte e Drifte. A seção que abrange o Cretáceo Superior, Paleoceno e Eoceno está inclusa no estágio Drifte, o qual é litoestratigraficamente representado pelas formações Ubarana, Tibau e Guamaré. Esse intervalo possui potencial petrolífero representado pelo play Ubarana-Cretáceo Superior, caracterizado por reservatórios turbidíticos, similares a descobertas importantes na margem Africana, como no campo de Jubilee, e na Margem Equatorial em campos offshore da Guiana e Suriname. Para este estudo, foram utilizados conceitos de análise estratigráfica moderna de baixa e alta resoluções em dados de oito poços de exploração e dez linhas sísmicas 2D, localizados desde as porções mais proximais, em águas plataformais, até a região de águas profundas. A análise dos poços permitiu a caracterização de litofácies e ciclos de transgressão e regressão que, em conjunto com análise sísmica, através do reconhecimento de terminações de refletores, sismofácies e discordâncias, culminou na individualização de seis sequências deposicionais. Além disso, essa análise permitiu a identificação de plays turbidíticos em águas profundas, importantes no contexto da margem equatorial brasileira e conjugada africana, como análogos a reservatórios de mesma idade de bacias produtoras, como por exemplo, as da margem leste.


MEMBROS DA BANCA:
Interna - 1149363 - VALERIA CENTURION CORDOBA
Externa ao Programa - 1884342 - DEBORA DO CARMO SOUSA
Externa à Instituição - KAREN MARIA LEOPOLDINO OLIVEIRA - UFC
Externo à Instituição - PEDRO XAVIER NETO - PETROBRAS
Notícia cadastrada em: 18/02/2022 14:48
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa03-producao.info.ufrn.br.sigaa03-producao