Banca de DEFESA: ALINE SILVA DA COSTA LOPES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ALINE SILVA DA COSTA LOPES
DATA : 03/05/2021
HORA: 09:00
LOCAL: Videoconferencia -
TÍTULO:

Mapeamento da Plataforma Interna adjacente a Baía Formosa – Litoral Oriental do Rio
Grande do Norte


PALAVRAS-CHAVES:

Batimetria; Sonografia; Sonar Interferométrico


PÁGINAS: 27
RESUMO:

Plataformas continentais, correspondem a continuação da extensão rasa e submersa do continente. São sistemas altamente dinâmicos, que apresentam feições morfológicas as quais permitem inferir sobre as condições hidrodinâmicas, processos de sedimentação e ainda contêm registros que revelam a variação do nível do mar. A plataforma continental oriental do estado do Rio Grande do Norte ainda é pouca explorada quando comparada ao setor setentrional. Este trabalho tem o objetivo de mapear uma área da plataforma continental adjacente ao município de Baía Formosa, no estado do Rio Grande do Norte, quanto ao aspecto geomorfológico e de distribuição sedimentar. Neste sentido, foram aplicados métodos hidroacústicos (batimetria e sonografia interferométrica), associado a coleta de amostras de sedimento do substrato marinho com um amostrador pontual tipo van-veen para calibração do sinal acústico. Os resultados indicam que a área de estudo apresenta uma profundidade média de 12 metros, variando de um mínimo de 2,9 metros à um máximo de 21,7 metros; a profundidade aumenta costa afora, a uma inclinação média de 0,24o. Perfis perpendiculares à linha de costa mostram que a declividade é mais suave após 700 metros na direção costa afora. Adicionalmente, a declividade na porção norte é mais acentuada que na porção sul. Linhas de beachrocks e afloramentos rochosos foram identificados através da integração dos dados batimétricos com os sonográficos. Com base nos padrões de retroespalhamento (backscatter) acústico, reconhecidos pelo contraste de intensidade e texturas, foram identificadas feições morfológicas e classificados 6 padrões de reflexão. Esses padrões de reflexão, associados ao tipo de material presente no fundo marinho permitiram o mapeamento da cobertura sedimentar da área de estudo.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2218779 - HELENICE VITAL
Externa à Instituição - MARY LUCIA DA SILVA NOGUEIRA - UFES
Interno - 2042405 - MOAB PRAXEDES GOMES
Externa à Instituição - NARELLE MAIA DE ALMEIDA - IFRN
Notícia cadastrada em: 23/04/2021 15:17
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa07-producao.info.ufrn.br.sigaa07-producao