Banca de QUALIFICAÇÃO: IVANISE ALMEIDA RODRIGUES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : IVANISE ALMEIDA RODRIGUES
DATA : 29/01/2024
HORA: 09:00
LOCAL: Google Meet
TÍTULO:

REPOSITÓRIO VIRTUAL DE ATIVIDADES PEDAGÓGICAS NA PERSPECTIVA DA ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO NOS CONTEXTOS HOSPITALAR E DOMICILIAR: CONTRIBUIÇÕES PARA PRÁTICA PEDAGÓGICA E APRENDIZAGEM




PALAVRAS-CHAVES:

Classes hospitalares e domiciliares; TDICs; Ludicidade; Alfabetização e Letramento.



PÁGINAS: 60
RESUMO:


A ludicidade aliada ao uso das tecnologias digitais de informação e comunicação nas classes hospitalares e domiciliares representa um desafio importante,  mas também oferece oportunidades valiosas para a melhoria da qualidade da educação e a experiência de aprendizagem dos alunos (as) neste contexto. Neste ínterim, observa-se que, a inserção das ferramentas tecnológicas nas práticas pedagógicas das classes hospitalares e domiciliares, além de proporcionar a ludicidade e humanização no processo de aprendizagem destes alunos (as) em estado de adoecimento, também assegura a inclusão digital nestes ambientes. A partir destas constatações, objetivou-se neste estudo Construir de forma colaborativa a ferramenta “Repositório Digital Alfaletrics”, contribuindo com a prática pedagógica dos professores (as) das classes hospitalares e domiciliares, na perspectiva da Alfabetização e Letramento, promovendo a ludicidade na aprendizagem. Para coleta dos dados foram utilizados instrumentos como questionários (via google forms) e entrevistas coletivas (via meet) e gravação de vídeos produzidos como registros dos encontros virtuais. A metodologia empregada na pesquisa consiste em uma abordagem qualitativa, de natureza  participativa. Para nortear as reflexões sobre o objetivo proposto, adotou-se um aporte teórico, que leva em consideração documentos oficiais, como os produzidos pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC), bem como os marcos legais que validam o Atendimento Educacional Hospitalar e Domiciliar (AEHD). Também embasam esta pesquisa estudos acerca da Humanização, Ludicidade, Alfabetização e Letramento, TDICs (Tecnologia Digitais de Informação e Comunicação) e Repositórios digitais; e temos como aporte teóricos os autores: Mattos e Mugiatti, 2019, Leite, 2018; Kishimoto, 2014; Viegas,2020; Silva, 2021; Ferreira, 2016, Souza, 2021, Fernandes, 2022, Schwingel, 2021 (entre outros), por entendermos que esses construtos se mostram relevantes para subsidiar as discussões acerca da temática desta pesquisa. O uso cada vez mais frequente das tecnologias digitais no ambiente educacional tem se destacado como um elemento de significativa relevância, especialmente nas classes hospitalares. A incorporação dessas ferramentas tecnológicas nas práticas pedagógicas, não apenas enriquece o processo de aprendizado, mas também proporciona oportunidades valiosas para crianças e adolescentes em contextos hospitalares ou domiciliares. Isso permite que esses estudantes continuem sua jornada educacional de forma mais acessível, interativa e adaptada às suas necessidades específicas, garantindo assim uma educação inclusiva e abrangente em circunstâncias desafiadoras.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1717416 - JACYENE MELO DE OLIVEIRA ARAUJO
Interna - 1296000 - ADRIANE CENCI
Interna - 2432915 - MARISTELA DE OLIVEIRA MOSCA
Externa à Instituição - ADRIANA GARCIA GONÇALVES - UFSCAR
Notícia cadastrada em: 17/01/2024 15:46
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa03-producao.info.ufrn.br.sigaa03-producao