Banca de DEFESA: CARLA WILZA SOUZA DE PAULA MAITELLI - (Retificação)

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.

DISCENTE: CARLA WILZA SOUZA DE PAULA MAITELLI

DATA: 17/12/2010

HORA: 09:00

LOCAL: LABORATÓRIO EM AUTOMAÇÃO DE PETRÓLEO - LAUT

TÍTULO:

SIMULAÇÃO DO ESCOAMENTO MONOFÁSICO EM UM ESTÁGIO DE UMA BOMBA CENTRÍFUGA UTILIZANDO TÉCNICAS DE FLUIDODINÂMICA COMPUTACIONAL


PALAVRAS-CHAVES:

bombas centrífugas; Fluidodinâmica Computacional; Volumes Finitos; Simulação Computacional; Bombeio Centrífugo Submerso


PÁGINAS: 100

GRANDE ÁREA: Engenharias

ÁREA: Engenharia Química

RESUMO:

As técnicas de exploração e produção de petróleo têm evoluído nas últimas décadas no sentido de incrementar as vazões de fluido e otimizar a utilização dos equipamentos empregados. A base do funcionamento do método de elevação por Bombeio Centrífugo Submerso é a utilização de um motor elétrico de fundo para movimentar uma bomba centrífuga e transportar os fluidos até a superfície. O Bombeio Centrífugo Submerso é uma opção que vem ganhando espaço entre os métodos de Elevação Artificial em função da capacidade de trabalhar com grandes vazões de líquido em ambientes terrestres ou marítimos. O desempenho de um poço equipado com elevação por BCS está intrinsecamente relacionado ao funcionamento da bomba centrífuga que faz parte do sistema. É ela que tem a função de transformar a potência cedida pelo motor em altura de elevação ou Head. Neste trabalho foi desenvolvido um modelo computacional para analisar o escoamento tridimensional em uma bomba centrífuga utilizada em Bombeio Centrífugo Submerso. Através do programa comercial, o CFX® ANSYS®, inicialmente utilizando a água como fluido de escoamento, foram definidos a geometria e os parâmetros de simulação de forma que, fosse obtida, uma aproximação do que ocorre no interior dos canais do impelidor e do difusor da bomba em termos de fluxo. Três diferentes condições de geometria foram inicialmente testadas para verificar qual a mais adequada à resolução do problema. Após a escolha da geometria mais adequada, três condições de malha foram analisadas e os valores obtidos foram comparados à curva característica experimental de altura de elevação fornecida pelo fabricante. Os resultados se aproximaram da curva experimental, o tempo de simulação e a convergência do modelo foram satisfatórios se for considerado que o problema estudado envolve análise numérica. Após os testes com a água, um óleo, foi utilizado nas simulações. Os resultados foram comparados com a metodologia do Instituto de Hidráulica para correção da viscosidade. De uma forma geral, para os modelos com água e com o óleo, os resultados com os fluidos monofásicos se mostraram coerentes com as curvas experimentais e são uma avaliação preliminar para a análise, através de modelos computacionais tridimensionais, do escoamento bifásico no interior dos canais da bomba centrífuga utilizada em sistemas de BCS.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ANTONIO GILSON BARBOSA DE LIMA - UFCG
Externo à Instituição - BENNO WALDEMAR ASSMANN - PETROBRAS
Externo à Instituição - VALDIR ESTEVAM - PETROBRAS
Externo ao Programa - 1224101 - VANJA MARIA DE FRANCA BEZERRA
Presidente - 347559 - WILSON DA MATA
Notícia cadastrada em: 25/11/2010 09:15
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa12-producao.info.ufrn.br.sigaa12-producao