Banca de DEFESA: TIAGO PINHEIRO DE CARVALHO - (Retificação)

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.

DISCENTE: TIAGO PINHEIRO DE CARVALHO

DATA: 18/10/2010

HORA: 08:00

LOCAL: seminários do PPGCEP

TÍTULO:

ESTUDO DE SISTEMAS MULTICOMPONENTES NO PROCESSO DE INJEÇÃO CÍCLICA DE VAPOR.


PALAVRAS-CHAVES:

 

Injeção cíclica de vapor, modelos composicionais, pseudocomponentes,
simulação numérica.

Injeção cíclica de vapor, modelos composicionais, pseudocomponentes,
simulação numérica.

 


PÁGINAS: 100

GRANDE ÁREA: Engenharias

ÁREA: Engenharia Química

RESUMO:

 

No Nordeste brasileiro existem reservatórios de óleos pesados, nos quais se utiliza a injeção
de vapor como método de recuperação. Este processo permite diminuir a viscosidade do óleo,
aumentando a sua mobilidade e melhorando o volume de óleo a ser recuperado. A injeção
de vapor é um método térmico e ocorre na forma contínua ou cíclica. A injeção cíclica de
vapor pode ser repetida diversas vezes. Cada ciclo consiste de três etapas distintas: a fase de
injeção, fase de fechamento (soaking) e fase de produção. A injeção cíclica se torna menos
eficiente à medida que o número de ciclos aumenta. Este trabalho visa estudar o efeito de
modelos composicionais na injeção cíclica de vapor e os efeitos dos parâmetros: vazão
de injeção, qualidade do vapor e temperatura do vapor injetado; através de simulações,
analisando a influência do número de pseudocomponentes no que diz respeito à vazão de
óleo, produção acumulada de óleo, fator de recuperação e tempo de simulação. Nas situações
analisadas foram comparados o modelo de fluido de três fases e três componentes conhecidos
como “Black-oil”. Foram realizadas simulações, utilizando um simulador comercial a partir
de um modelo de reservatório homogêneo com características similares às encontradas no
Nordeste brasileiro. Observou-se que quanto maior o número de componentes, maior é o
tempo gasto na simulação. Já para os parâmetros analisados, verifica-se que a vazão de
injeção de vapor e a qualidade do vapor influenciam na produção acumulada de óleo e no
fator de recuperação. O número de componentes não exerceu muita influência na produção
acumulada, nem no fator de recuperação de óleo, porém foi significativa na produção de gás
Tiago Pinheiro Carvalho
do sistema.

No Nordeste brasileiro existem reservatórios de óleos pesados, nos quais se utiliza a injeção
de vapor como método de recuperação. Este processo permite diminuir a viscosidade do óleo,
aumentando a sua mobilidade e melhorando o volume de óleo a ser recuperado. A injeção
de vapor é um método térmico e ocorre na forma contínua ou cíclica. A injeção cíclica de
vapor pode ser repetida diversas vezes. Cada ciclo consiste de três etapas distintas: a fase de
injeção, fase de fechamento (soaking) e fase de produção. A injeção cíclica se torna menos
eficiente à medida que o número de ciclos aumenta. Este trabalho visa estudar o efeito de
modelos composicionais na injeção cíclica de vapor e os efeitos dos parâmetros: vazão
de injeção, qualidade do vapor e temperatura do vapor injetado; através de simulações,
analisando a influência do número de pseudocomponentes no que diz respeito à vazão de
óleo, produção acumulada de óleo, fator de recuperação e tempo de simulação. Nas situações
analisadas foram comparados o modelo de fluido de três fases e três componentes conhecidos
como “Black-oil”. Foram realizadas simulações, utilizando um simulador comercial a partir
de um modelo de reservatório homogêneo com características similares às encontradas no
Nordeste brasileiro. Observou-se que quanto maior o número de componentes, maior é o
tempo gasto na simulação. Já para os parâmetros analisados, verifica-se que a vazão de
injeção de vapor e a qualidade do vapor influenciam na produção acumulada de óleo e no
fator de recuperação. O número de componentes não exerceu muita influência na produção
acumulada, nem no fator de recuperação de óleo, porém foi significativa na produção de gás
do sistema.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 347559 - WILSON DA MATA
Interno - 1679234 - JENNYS LOURDES MENESES BARILLAS
Externo ao Programa - 1531209 - VANESSA CRISTINA SANTANNA
Externo à Instituição - ANTONIO GILSON BARBOSA DE LIMA - UFCG
Notícia cadastrada em: 19/11/2010 16:57
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa12-producao.info.ufrn.br.sigaa12-producao