Banca de DEFESA: PETRUCIA DUARTE DA SILVA - (Retificação)

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.

DISCENTE: PETRUCIA DUARTE DA SILVA

DATA: 22/03/2010

HORA: 00:00

LOCAL: Sala de Seminário do NEPGN

TÍTULO:

Estudo do comportamento de pastas compósitas Cimento/Sílica/Poliuretana para poços de petróleo HPHT


PALAVRAS-CHAVES:

Poços HPHT, Cimento, Retrogressão, sílica e poliuretana


PÁGINAS: 100

GRANDE ÁREA: Engenharias

ÁREA: Engenharia Química

SUBÁREA: Tecnologia Química

ESPECIALIDADE: Petróleo e Petroquímica

RESUMO:

Os poços HPHT atravessam zonas anormalmente pressurizadas e com altos gradientes de temperatura.  Esses poços apresentam elevadas concentrações de tensões produzidas pelas operações de perfuração e fraturamento hidráulico, flutuações da pressão e temperatura, forças dinâmicas geradas durante a perfuração, formações inconsolidadas, entre outros aspectos, podendo resultar em falhas mecânicas na bainha de cimento. Tais falhas comprometem a estabilidade mecânica do poço e o isolamento das zonas produtoras de óleos e/ou gás. Para que operações corretivas não se façam necessárias, é preciso adequar as pastas às condições de cada poço. Sistemas de pastas de cimento para poços HPHT requerem um bom controle de suas propriedades termo-mecânicas. Visto que a temperaturas superiores a 230 0F o cimento, após alcançar um valor máximo de resistência, inicia um processo de perda de resistência (retrogressão). Para prevenir esse efeito substitui-se parcialmente o cimento Portland por sílica com objetivo de incrementar a reação pozolânica. Esta reação modifica a trajetória do processo natural de hidratação do cimento, o gel de silicato de cálcio hidratado (C-S-H) se converte em várias outras fases com maior resistência. Polímeros também são adicionados para proporcionar maior flexibilidade e agir como barreira à propagação de trincas desenvolvidas sob tensão. O presente trabalho teve como objetivo estudar o comportamento do sistema cimento/sílica/polímero quando submetido às condições de alta temperatura e alta pressão. Foram formuladas pastas de cimento puro, pastas contendo diferentes concentrações de poliuretana (0%, 5%, 10%, 15%, 20% e 25%) e 40% BWOC de sílica flour. O peso específico das pastas foi fixado em 15,6 lb/gal. Os resultados demonstram que as resistências da pasta contendo 40% de sílica e das com adição de polímero foram muito superiores a da pasta de cimento puro, não ocorrendo o efeito da retrogressão. As pastas com polímero apresentaram um crescente aumento da tenacidade com o aumento da concentração da mesma, sendo assim capaz de suportar as tensões. Além de se manterem estáveis termicamente até 200 ºC. O sistema também apresentou excelentes resultados de filtrado, reologia, água livre, estabilidade e permeabilidade. Sendo assim, o mesmo mostrou ser aplicável a poços HPHT.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1298936 - ANTONIO EDUARDO MARTINELLI
Interno - 349770 - DULCE MARIA DE ARAUJO MELO
Externo ao Programa - 347420 - MARCUS ANTONIO DE FREITAS MELO
Externo à Instituição - ANA CECILIA VIEIRA DA NOBREGA - UFPE
Notícia cadastrada em: 30/09/2010 09:33
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa04-producao.info.ufrn.br.sigaa04-producao