Banca de DEFESA: CÂNDIDA BEATRIZ SANTOS BATISTA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : CÂNDIDA BEATRIZ SANTOS BATISTA
DATA : 21/12/2021
HORA: 14:00
LOCAL: Natal,RN
TÍTULO:

INTERFERÊNCIA DA APLICAÇÃO DE REGRAS DE OPERAÇÃO DE RESERVATÓRIOS E INTEGRAÇÃO DE SISTEMAS NO ATENDIMENTO DAS DEMANDAS HÍDRICAS


PALAVRAS-CHAVES:

Operação de reservatórios; Gestão; Otimização;Algoritmo genético


PÁGINAS: 33
RESUMO:

A água é um recurso limitante para o desenvolvimento econômico e sobrevivência da população. Quando a oferta de água é inferior à demanda, pode ocorrer um desequilíbrio hídrico devido à escassez de água, o que implica diretamente no surgimento de conflitos por seus diversos usos. Para minimizar esse problema, a construção de reservatórios para o atendimento das demandas é uma solução recorrente em regiões semiáridas, que no Brasil, caracterizam-se por apresentar grande variabilidade hidrológica, tanto espacial como temporal. Para um bom gerenciamento e maximização da utilização dos reservatórios podem ser aplicadas regras de operação, de modo a otimizar o atendimento dos usuários. Para resolução dos modelos de otimização são utilizadas técnicas de inteligência computacional para resolver problemas complexos, dentre as quais encontra-se o algoritmo genético como importante ferramenta na resolução de problemas relacionado a gestão dos recursos hídricos. A área de estudo localiza-se no semiárido brasileiro, na bacia dos rios Piancó-Piranhas-Açu, nos reservatórios Dourado e Marechal Dutra. Dessa forma, o objetivo deste trabalho é avaliar o ganho de performance no atendimento das demandas de água com a definição de regras de operação nos reservatórios, operando de forma isolada e integrada, utilizando na otimização o algoritmo genético através da simulação de balanço hídrico do reservatório. A avaliação foi obtida por meio dos indicadores de desempenho confiabilidade, eficiência (confiabilidade volumétrica), resiliência, vulnerabilidade e principais saídas de água do reservatório (suprimento das demandas, vertimento e evaporação). Os resultados apontam que infraestruturas hídricas melhoram a performance de atendimento das demandas, diminuindo os períodos de falhas, entretanto as regras de racionamento não conseguiram obter resultados superiores, sendo semelhantes aos obtidos com a regra de operação padrão de forma isolada, e uma elevação da eficiência na operação integrada. Quase 50% do volume de água é perdido por vertimento ou evaporação, portanto, é desejável que futuros estudos diferencie os períodos secos e úmidos na definição das regras de operação.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1759777 - ADELENA GONCALVES MAIA
Interna - 2190974 - JOANA DARC FREIRE DE MEDEIROS
Externa à Instituição - JOICE CRISTINI KURITZA - UTFPR
Notícia cadastrada em: 09/12/2021 15:24
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa06-producao.info.ufrn.br.sigaa06-producao