Banca de DEFESA: ANA RAFAELA NASCIMENTO E BOUCAS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ANA RAFAELA NASCIMENTO E BOUCAS
DATA : 29/03/2023
HORA: 09:00
LOCAL: meet.google.com/mxd-zqan-qnr
TÍTULO:

Canceres femininos – mama e colo de útero: a população feminina de Caicó/RN possui cobertura adequada a seus métodos de rastreio?


PALAVRAS-CHAVES:

câncer; prevenção; rastreio; cobertura populacional, diagnóstico.


PÁGINAS: 80
RESUMO:

Segundo o INCA, a estimativa para o Brasil para o triênio 2020-2022 foi de 625 mil casos novos de câncer por ano. Nas mulheres os cânceres de mama (29,7%) e de colo do útero (7,4%) figuram entre os principais, com uma com uma estimativa de que o câncer de mama cause 15% das mortes por todos os tipos de câncer e o câncer de colo de útero cause aproximadamente 530 mil casos e 275 mil óbitos todos os anos. Alguns tipos de canceres possuem métodos de rastreio que podem diagnosticá-los em fases precoces, como o câncer de mama que o MS recomenda o rastreio com mamografia, em mulheres entre 50 e 69 anos, e o câncer de colo de útero cuja recomendação é realizar o exame citopatológico em mulheres de 25 a 64 anos. Considerando que o câncer está no grupo das quatro doenças que mais mata precocemente, que sua incidência vem aumentando devido ao envelhecimento populacional, que nem todos os tipos possuem métodos eficazes de prevenção e que alguns possuem métodos de rastreio precoce simples e baratos, questiona-se se a população possui cobertura adequada de tais exames. Este trabalho objetiva avaliar a cobertura populacional dos métodos de rastreio disponíveis para câncer de mama e de colo de útero da população feminina preconizada para rastreio no município de Caicó/RN nos anos de 2014 a 2020. Neste município observou-se uma grande cobertura populacional dos exames de mamografia, sendo semelhante ao RN e ambas são superiores as demais regiões. Na associação entre o percentual de exames de mamografia realizados no período analisado e o percentual dos óbitos por câncer de mama em relação ao total mamografias realizadas, para as quatro regiões analisadas, identificou-se correlações estatisticamente significativas, inversamente proporcionais e forte entre essas variáveis. Estes resultados significam que no período analisado que ao ocorrer aumento no percentual de exames realizados, houve a diminuição no percentual de óbitos por este tipo de câncer em relação ao total de mamografias realizadas. Os dados do rastreio para o câncer de colo de útero mostram que o município de Caicó apresenta uma média cerca de duas vezes acima dos cenários nacional, regional e estadual. Na associação entre o percentual de exames preventivos realizados e o percentual de óbitos por câncer de colo de útero em relação ao total citologias realizadas, para todas as regiões em estudo, identificou-se correlação
significativa, inversamente proporcional e forte entre essas variáveis para o período analisado. Ou seja, a medida em que houve aumento no percentual de exames preventivos observou-se diminuição no percentual de óbitos por câncer de colo de útero. A população feminina compreendida nas faixas etárias preconizadas pelo Ministério da Saúde para o rastreio do câncer de mama e do câncer de colo de útero no município de Caicó têm cobertura adequada aos métodos disponíveis.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 3060683 - LEONARDO THIAGO DUARTE BARRETO NOBRE
Interna - 2245637 - MICHELLINE DO VALE MACIEL
Externo à Instituição - KLEYTON SANTOS DE MEDEIROS - LNRCC
Notícia cadastrada em: 21/03/2023 10:30
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa04-producao.info.ufrn.br.sigaa04-producao