PMPQRN/IQ PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA - REDE NACIONAL INSTITUTO DE QUÍMICA Téléphone/Extension: (84) 3342-2323/136 https://posgraduacao.ufrn.br/PROFQUI

Banca de QUALIFICAÇÃO: WALLYSON RODRIGO DA SILVA BARRETO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : WALLYSON RODRIGO DA SILVA BARRETO
DATA : 21/07/2023
HORA: 08:30
LOCAL: videoconferência
TÍTULO:

CONSTRUÇÃO DE UM MODELO MOLECULAR MAGNÉTICO: UMA PROPOSTA PARA O ENSINO DA LIGAÇÃO QUÍMICA COVALENTE.


PALAVRAS-CHAVES:

Modelo Molecular Magnético; Impressoras 3D; Protótipo; Uso de Modelos e Analogias


PÁGINAS: 60
RESUMO:

Neste trabalho foi desenvolvido um protótipo denominado “Modelo Molecular Magnético” produzidos a partir de esferas plásticas em impressoras 3D com ímãs inseridos internamente dentro de cada esfera para simular as forças atrativas que há entre átomos na formação de uma ligação covalente. O material foi pensado no intuito de minimizar dificuldades de aprendizagem relativo ao entendimento de formação das ligações covalentes entre os átomos onde normalmente os estudantes não entendem que há forças atrativas e repulsivas na formação da ligação. Para pensar na produção foi realizado uma investigação em diferentes livros didáticos de química, seja do nível superior ou do nível médio que foram aprovados pelo Plano Nacional do livro didático, para identificar a maior frequência de exemplos de moléculas que formam ligações covalentes, tais como, ácido clorídrico, água e dióxido de carbono que aparecem nos livros com bastante frequência. Após produção o produto educacional foi aplicado a professores de química em formação inicial e continuada em forma de minicurso. Como primeiro resultado foi possível perceber alta aceitação do uso do modelo pelos participantes que afirmaram que a partir do modelo é possível trabalhar conceitos relacionados às ligações químicas, tais como geometria molecular, eletronegatividade e as diferentes ligações que ocorrem entre os átomos. Ainda como principal resultado os participantes levantaram que a percepção de forma sensorial sobre as forças atrativas e repulsivas existentes entre as espécies químicas ora não apresentados em outros modelos químicos presente no mercado comercial atual é um fator de destaque para o uso desse recurso na sala de aula da educação básica.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2525587 - CARLOS NECO DA SILVA JUNIOR
Externa à Instituição - FABIANA ROBERTA GONCALVES E SILVA HUSSEIN - UFBA
Externo à Instituição - VINICIUS CATÃO DE ASSIS SOUZA - UFV
Notícia cadastrada em: 03/07/2023 10:06
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa13-producao.info.ufrn.br.sigaa13-producao