Banca de QUALIFICAÇÃO: EDUARDO DA SILVA MARQUES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : EDUARDO DA SILVA MARQUES
DATA : 25/07/2022
HORA: 09:00
LOCAL: Google Meet < meet.google.com/mqa-uusi-pcn >
TÍTULO:

FLUXO INFORMACIONAL: um estudo na gestão de cargas conteinerizadas do Porto de Natal


PALAVRAS-CHAVES:

Gestão da Informação; Fluxo Informacional; Gestão Portuária.


PÁGINAS: 62
RESUMO:

A contribuição científica que esta pesquisa pode promover diz respeito a área de Gestão da Informação, Fluxo Informacional e Gestão Portuária. O interesse pela temática justifica-se em virtude do momento atual em que a Secretaria de Portos do Brasil almeja criar integração entre as Docas, especificamente, para a gestão de cargas conteinerizadas do Porto de Natal. Considerando que o Porto de Natal não apresenta uma estrutura informacional adequada para atender suas demandas; e que os setores não apresentam os seus próprios fluxos (internos), a pesquisa destaca o seguinte questionamento: Como se dá o fluxo informacional na gestão de cargas conteinerizadas do Porto de Natal da Companhia Docas do RN? Partindo dessa questão, tem como objetivo geral analisar o fluxo informacional da gestão de cargas conteinerizadas do Porto de Natal da Companhia Docas do RN. E como objetivos específicos: descrever os fluxos informacionais atuais de cada um dos problemas priorizados, no que diz respeito a gestão de cargas conteinerizadas; além de identificar a priorização dos problemas associados a gestão de cargas conteinerizadas; e, por fim, recomendar pontos de melhoria no fluxo informacional, no que diz respeito a gestão de cargas conteinerizadas para ascensão das ações de resposta. Na revisão de literatura da pesquisa em que são tratados, como tópicos principais: Gestão Portuária; Dado, Informação e Conhecimento; Gestão da Informação; Modelos de Gestão da Informação; Fluxo Informacional, Modelos de Fluxo da Informação; e o Modelo Conceitual da Pesquisa. A metodologia inicia descrevendo a caracterização da pesquisa, como sendo uma pesquisa aplicada, com abordagem qualitativa e classificada como estudo de caso. De acordo com os objetivos, trata-se de uma investigação descritiva e exploratória. Posteriormente, apresentando o caso em estudo – Porto de Natal. A população estudada será composta por uma pesquisa sem amostra, uma vez que será utilizado todo o universo para coleta dos dados, que é formado pelos Gestores do Porto de Natal, sendo eles: o Diretor Técnico-Comercial (DTC), o Gerente de Operações do Porto de Natal (GEOPER), a Coordenadora de Meio Ambiente (COORMA) e o Supervisor da Guarda Portuária (GUAPOR), que responderão a um roteiro de entrevista, fundamentado no modelo de fluxo informacional de Beal (2008), que é composto por sete etapas. O roteiro será composto por 02 (duas) seções: a caracterização do correspondente, e a segunda seção composta por 7 (sete) dimensões, contemplando as sete etapas propostas pelo modelo de fluxo informacional de Beal (2008). E, as análises dos dados ocorreram por meio da análise de discurso, visto que se trata de dados qualitativos. Por fim, destaca-se como será apresentada as melhorias propostas, que ocorrerá por meio de Grupo Focal, com o intuito de validação das informações coletadas durante a pesquisa; com isso a proposta de intervenção será descrita por meio de um plano de ação de melhoria, com base no 5W2H.


MEMBROS DA BANCA:
Interna - 1323825 - ANDREA VASCONCELOS CARVALHO
Presidente - 3636721 - DANIEL DE ARAUJO MARTINS
Externa à Instituição - IÊDA ISABELLA DE LIRA SOUZA
Notícia cadastrada em: 30/06/2022 14:16
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa06-producao.info.ufrn.br.sigaa06-producao