Dissertações/Teses

Clique aqui para acessar os arquivos diretamente da Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFRN

2019
Teses
1
  • LIVIA CRISTINA DOS SANTOS SILVA
  • A argumentação e a construção e crítica do conhecimento por meio de atividades sobre mudanças climáticas

  • Orientador : MARCIA GORETTE LIMA DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BERNADETE BARBOSA MOREY
  • CLAUDIANNY AMORIM NORONHA
  • FERNANDA OSTERMANN
  • MARCIA GORETTE LIMA DA SILVA
  • SUZANI CASSIANI
  • Data: 11/04/2019

  • Mostrar Resumo
  • No ensino de ciências a argumentação dialética tem sido estudada em contextos de sala de aula onde se manifesta tanto a crítica como a construção do conhecimento. Segundo Larrain, Freire e Howe (2014, p. 1020) na argumentação dialética “quando os pontos de vista opostos são discutidos e revisados, se requer a coordenação e o exame de diferentes perspectivas, encorajando a reflexão e a revisão da própria perspectiva, e levando a melhorar a organização do conhecimento”. Este estudo investiga como estudantes da educação básica articulam a construção e a crítica de afirmações de conhecimentos no contexto do desenvolvimento de tarefas argumentativas sobre mudanças climáticas. Para tanto, se examina o discurso destes estudantes durante atividades argumentativas promovidas por meio de uma sequência de atividades sobre a temática mudanças climáticas. As atividades ocorreram durante 4 meses, consistindo tanto de aulasexpositivas-dialogadas como tarefas orientadas a argumentação e/ou a análise crítica de informações, exigindo participação ativa do alunado. Em concreto, apresentamos neste texto a análise de uma das atividades realizadas, a qual envolve o debate sobre a perspectiva antropogênica das mudanças climáticas. A coleta de dados ocorreu durante a preparação de argumentos, a execução do debate e a avaliação coletiva do debate. O processo de desenvolvimento das tarefas foi gravado em áudio e vídeo e o conteúdo dos áudios foi transcrito com auxílio do vídeo. As principais questões examinadas na análise das transcrições foram: Em que momentos do processo argumentativo os estudantes expressam a construção ou a crítica de afirmações de conhecimento? Que aspectos doprocesso argumentativo fomentaram expressões de construção ou crítica de afirmações de conhecimento? Como se relacionam a construção e a crítica de afirmações de conhecimento no contexto argumentativo examinado? Para análise dos dados utilizamos o referencial da análise dialógica do discurso que se apoia nos estudos de Bakhtin sobre linguagem. Como resultados identificamos que as formas como os estudantes vão se envolver em construção e crítica são dependentes do tipo de situação comunicativa que se desenvolve. Identificamos também que a crítica e a construção de afirmações de conhecimento se retroalimentam e podem ocorrer de forma simultânea no contexto daargumentação. Pretende-se que as conclusões dessa investigação possam ajudar ainstrumentalizar o trabalho do professor em sala de aula para promover a construção e crítica de afirmações de conhecimento no contexto da argumentação.


  • Mostrar Abstract
  • In science teaching dialectical argumentation has been studied in classroom contexts where both criticism and the construction of knowledge are manifested. According to Larrain, Freire and Howe (2014, p.1020) in the dialectical argumentation "when opposing points of view are discussed and revised, it is required the coordination and examination of different perspectives, encouraging reflection and revision of one's perspective, and leading to better organization of knowledge ". This study investigates how high-school students articulate the construction and critique of knowledge claims in the context of the development of argumentative tasks on climate change. Therefore, the discourse of these students during argumentative activities promoted through a sequence of activities on the theme climate change is examined. The activities took place during 4 months, consisting of both expository-dialogue classes and tasks oriented to argumentation and / or critical analysis of information, requiring students’ active participation. Specifically, we present in this text the analysis of one of the activities carried out, which involves the debate on the anthropogenic perspective of climate change. The data collection took place during the preparation of arguments, the execution of the debate and the collective evaluation of the debate. The task development process was recorded in audio and video and the content of the audios was transcribed using the video. The main questions examined in the analysis of the transcriptions were: At what moments of the argumentative process do students express the construction or criticism of knowledge claims? What aspects of the argumentative process fostered expressions of construction or criticism of knowledge claims? How are the construction and critique of knowledge claims related to the argumentative context examined? To analyze the data, we use the framework of dialogical analysis of discourse that is based on Bakhtin's studies on language. As results, we identify that the ways in which students engage in construction and criticism are dependent on the type of communicative situation that develops. We also identify that the critique and construction of knowledge claims feedback and can occur simultaneously in the context of argumentation. It is intended that the conclusions of this research can help to instrumentalize the teacher's work in the classroom to promote the construction and critique of knowledge claims in the context of the argumentation.

2018
Teses
1
  • BONIEK VENCESLAU DA CRUZ SILVA
  • O DESENVOLVIMENTO DO CONHECIMENTO PEDAGÓGICO DO CONTEÚDO REFERENTE À TEMÁTICA NATUREZA DA CIÊNCIA NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES DE FÍSICA

  • Orientador : ANDRE FERRER PINTO MARTINS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDRE FERRER PINTO MARTINS
  • ISAURO BELTRAN NUNEZ
  • MARCIA TEIXEIRA BARROSO
  • BRENO ARSIOLI MOURA
  • FERNANDA CÁTIA BOZELLI
  • Data: 09/03/2018

  • Mostrar Resumo
  • O conhecimento pedagógico do conteúdo (PCK, do inglês Pedagogic Content Knowledge) é um conhecimento desenvolvido ao longo da formação docente e no exercício de sua profissão, caracterizando-se como um conhecimento próprio do professor. Atualmente, ele é utilizado como referencial em pesquisas de formação de professores, principalmente na investigação de como se dá o desenvolvimento de conhecimentos necessários para a prática docente. Dessa forma, entendemos que o PCK pode ser uma ferramenta útil para a compreensão do como os professores desenvolvem estratégias didáticas para a discussão de aspectos da Natureza da Ciência (NdC) na sala. Embora uma definição fechada sobre NdC seja algo bastante criticado na literatura, neste trabalho buscamos compreendê-la como metaconhecimento sobre a ciência, oriundo de diferentes reflexões interdisciplinares. Nesta pesquisa, de natureza qualitativa, buscamos investigar como futuros professores de Ciências/Física, estudantes do curso de Licenciatura em Física e matriculados na disciplina de Evolução Histórica da Física, em situações de ensino-aprendizagem, desenvolvem e mobilizam seus PCK para o ensino de aspectos da Natureza da Ciência (PCK/NdC). Devido à natureza tácita do PCK, utilizamos de várias formas de coleta de dados, como, por exemplo, questionários, entrevistas, diários de reflexão do participante, além das próprias atividades desenvolvidas (sequências didáticas, planos de aula e texto histórico didático). Para análise do desenvolvimento do PCK/NdC, elaboramos um modelo próprio de avaliação, o qual intitulamos de modelo transformativo-reflexivo para avaliação do PCK/NdC. Os dados obtidos nos mostram que os licenciandos, em situações de ensino-aprendizagem, caracterizadas pelo trabalho cooperativo e pela reflexão de suas práticas ou vivências, potencializam o desenvolvimento do PCK/NdC. Outro ponto que merece destaque é a necessidade de uma melhor compreensão de aspectos da NdC e suas relações com o Ensino de Física. Notamos que este fator dá suporte, por exemplo, para a própria percepção dos futuros professores sobre o entendimento dos estudantes da Educação Básica acerca de aspectos da NdC. Notamos, também, lacunas conceituais e metodológicas, principalmente direcionadas ao processo de construção de metodologias de avaliação das propostas pensadas, sinalizando um desenvolvimento pouco produtivo do conhecimento da avaliação de conteúdos metacientíficos. A partir das análises realizadas, embora os licenciandos investigados ainda estejam na fase de amadurecimento dos seus PCK/NdC, sugerimos que os cursos de formação inicial direcionem outro olhar para a questão de como os licenciandos desenvolvem os conhecimentos necessários para o ensino de conteúdos metacientíficos e, por consequência, seus PCK/NdC. Uma saída, emergente da nossa investigação, seria a inserção de mais práticas cooperativas e reflexivas na formação destes professores.


  • Mostrar Abstract
  • The Pedagogical Content Knowledge (PCK) is a knowledge developed in your training phase and practice of the profession, characterizing itself as an own knowledge of the teacher. Nowadays, it is used as a reference in investigation about the teacher training, mainly in the research of how to develop the knowledge necessary for teaching practice. In this way, we understand that PCK can be a useful tool for understanding how teachers develop didactic strategies for discussing aspects of the Nature of Science (NdC) in the classroom. Although a closed definition on NdC is something quite criticized in the literature, in this work we seek to understand it as meta-knowledge about science, coming from different interdisciplinary reflections. This research is of a qualitative approach. We investigate how future Physics/Sciences teachers, in initial teachers course and students of discipline of Historical Evolution of Physics, in teaching-learning situations, develop and mobilize their PCK for teaching aspects of NOS (PCK/NOS). To analyze the development of the PCK/NOS, we developed own evaluation model, which we call a transformative-reflexive model for evaluation of PCK/NOS. The obtained results showed that the licensees in teaching-learning situations, characterized by the cooperative work and the reflection of their practices or experiences, potentiate the development of the PCK/NOS. Other important point is the need for a better understanding of aspects of NOS and its relations with Physics Teaching. The comprehensions about this factor, for example, increase the perception of the future teachers about the understanding of the students of Basic Education about of the some aspects of the NOS. This comprehension is used in the production of the didactic strategies, notabilized as important component of the development of knowledge of the understanding of Science of the students and instructional strategies for the teaching of meta-scientific contents of the licensees. We also detected some conceptual and methodological gaps, mainly directed to the process of construction of methodologies for evaluation of the imaginate proposals, signaling to poorly productive knowledge of meta-scientific content evaluation. With the analyze of dates, put in consideration the phase of better maturation of their PCK/NOS of the licensees, we propose that the initial training courses direct another view to the question of how the graduates develop the necessary knowledge for the teaching of meta-scientific contents and PCK/NdC. A propose for this exit, emerging from our research, would be an insertion of more cooperative and reflexive practices in the formation of these teachers.

2
  • MARCELO SIQUEIRA DE ARAÚJO
  • Um estudo sobre a reconfiguração da orientação para a ação escrever textos argumentativos em Química

  • Orientador : ISAURO BELTRAN NUNEZ
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALESSANDRA CARDOZO DE FREITAS
  • BETANIA LEITE RAMALHO
  • EDENIA MARIA RIBEIRO DO AMARAL
  • ISAURO BELTRAN NUNEZ
  • MARCIA GORETTE LIMA DA SILVA
  • MARIA ALIETE CAVALCANTE BORMANN
  • Data: 30/11/2018

  • Mostrar Resumo
  • A produção do conhecimento científico é baseada na criação de explicações sobre o porquê da ocorrência dos fenômenos, estas, por sua vez são avaliadas, elaboradas e comunicadas por meio das vias de comunicação, entre elas, a argumentação através da linguagem oral ou escrita. Escrever textos argumentativos em Química, emerge da interação de habilidades cognitivas, habilidades cognitivo linguísticas e dos elementos característicos de um texto argumentativo que para Galperin, em sua Teoria da Formação Planejada de Ações Mentais e dos Conceitos (TFPAMC), escrever um texto argumentativo em Química é uma ação que transforma-se em habilidade, e sua aprendizagem ocorre por meio da elaboração ou ampliação de sua orientação, estruturada em uma Base de Orientação da Ação (BOA), constituindo-se no objeto de estudo desta pesquisa. O objetivo geral é investigar a influência de uma Experiência Formativa na orientação do licenciando em Química sobre a orientação para a ação escrever textos argumentativos nas aulas de Química. A estratégia metodológica utilizada foi a Experiência Formativa estruturada na Teoria da Formação Planejada de Ações Mentais e dos Conceitos (TFPAMC), tendo como participantes licenciandos em Química da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, campus Natal. Os dados foram coletados a partir da prova pedagógica, do questionário, do caderno de registro e da observação. Os resultados da pesquisa destacam: (a) a aplicabilidade das estratégias empregadas para caracterização do nível de desenvolvimento da habilidade em estudo; (b) a possibilidade de reconfiguração da orientação através do emprego da Experiência Formativa aliada à Teoria Galperin; (c) a viabilidade da análise do processo de reconfiguração a partir dos instrumentos aplicados na Experiência Formativa; e (d) a identificação de fatores que influenciam na reelaboração da orientação.


  • Mostrar Abstract
  • null

SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2019 - UFRN - sigaa14-producao.info.ufrn.br.sigaa14-producao