Notícias > Defesa de Relatório de Graduação em Geofísica - NATHAN MARTES - 23/11/2017 - 09h00 - Auditório Dep. de Geofísica (1º Andar Prédio REUNI)

Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Centro de Ciências Exatas e da Terra
Curso de Graduação em Geofísica


DEFESA DE RELATÓRIO DE GRADUAÇÃO EM GEOFÍSICA (GEF0161)




Título:  Processamento de Dado Sísmico com Ênfase na Atenuação de Eventos de Reflexão Múltipla



Autor:  Nathan Martes Passos de Oliveira


Resumo:


A sísmica de reflexão é, na geofísica de prospecção, um dos métodos mais importantes para a indústria petrolífera de exploração de hidrocarbonetos. Empregada tanto para investigação de reservatórios quanto ao dimensionar reservas. Sua ótima relação custo-benefício contribui para esse sucesso. A sísmica é dividida no tríade aquisição-processamento-interpretação, cujo trabalho está inserido na parcela do processamento de dados sísmicos. Na aquisição, a resposta sísmica registrada pelos receptores contem além do sinal desejado, sinais indesejáveis denominados ruídos. Tido como um dos ruídos mais prejudiciais, as reflexões múltiplas, resultantes de duas ou mais reflexões, esse trabalho busca realizar uma análise das técnicas de atenuação de ruídos a fim de atestar seus benefícios e limitações.Para isso foi obtido um modelo sísmico 2-D representando geologias complexas de regiões como Golfo do México, Angola offshore, Mar Cáspio. Assim como um corpo de sal e anomalias rasas para análise no fluxo de processamento, o dado apresenta uma forte marcação de reflexão múltipla de primeira ordem do assoalho oceânico. Seu processamento se deu através do software ProMAx/SeisSpace da Landmark/Halliburton com uma licença acadêmica contratual do tipo Grant com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte. O fluxo de processamento adotado consistiu nas etapas: geometria, correção de divergência esférica, deconvolução, atenuação de ruídos (com as técnicas F-K e Radon), correção Normal Moveout (NMO), Silenciamento, correção Dip Moveout (DMO), estaqueamento e migração. Além dos ganhos e filtros nas seções finais. A fim de realizar o estudo das técnicas de atenuação de ruídos e o entender o comportamento das reflexões primárias e reflexões múltiplas nas filtragens escolhidas, foi confeccionada CMP sintética de uma CDP que apresentasse o assoalho oceânico, topo do corpo de sal e suas reflexões múltiplas. Após a análise das filtragens nos painéis das transformadas, foi feito o mesmo para o dado real.A filtragem FK se mostrou mais eficiente na atenuação das múltiplas de primeira ordem à filtragem Radon. Além das maior facilidade no processo das análises dos filtros, o fk demonstrou menor limitação em segregar eventos primários de múltiplos em seu painel. Mesmo o fk tendo maior sucesso na atenuação da múltipla de primeira ordem no dado sísmico em relação ao Radon, ambos ainda apresentaram vestígios desse ruído. Visto isso, foi feito a filtragem integrada de ambas as técnicas buscando suprir as limitações que se apresentaram. O melhor resultado se deu através da filtragem Radon após FK, onde as poucas reflexões múltiplas que ainda eram evidentes foram, mais ainda, atenuadas em comparação a aplicação isolada da técnica. Ao final atesta-se a técnica da transformada FK como sendo a mais efetiva nos propósitos almejados. Por fim, os dados migrados, pós e pré-estaqueamento, apresentaram suas particularidades. Porém a PSTM conseguiu de maneira mais completa apresentar uma seção de boa qualidade representativa do modelo geológico.

 

 

Palavras-chave:


Sísmica de Reflexão, Processamento de dados sísmicos, Reflexões Múltiplas, Transformada FK, Transformada Radon, Migração, PSTM.

 

Banca Examinadora:


Prof. Dr. Carlos César Nascimento da Silva (DGEF/UFRN) – Orientador

Prof. Dra. Rosângela Correa Maciel (DGEF/UFRN)

Prof. Dr. Flávio Lemos de Santana (DGEF/UFRN)

 

 

Data: 23 de novembro de 2017       Horário: 09h00


Local: Auditório do Departamento de Geofísica - 1º Andar (Prédio REUNI)

 



Notícia cadastrada em 14/11/2017 14:40  
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa11-producao.info.ufrn.br.sigaa11-producao