Banca de DEFESA: EUGENIO RIBEIRO SILVA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : EUGENIO RIBEIRO SILVA
DATA : 21/07/2017
HORA: 14:30
LOCAL: Auditório do Departamento de Geografia
TÍTULO:

VAZIOS URBANOS NAS ÁREAS CENTRAIS: OS CASOS DO PORTO-PT E DE NATAL-BR


PALAVRAS-CHAVES:

(re)produção do espaço; vazios urbanos; reabilitação urbana.


PÁGINAS: 247
RESUMO:

No âmbito da produção do espaço urbano, uma importante estratégia de valorização é a permanência de vazios urbanos para a especulação imobiliária. Além dessa visão clássica de vazios urbanos, outras formas de esvaziamento aparecem nas cidades do mundo inteiro. Por isso, esse trabalho objetivou a construção de uma tipologia para analisar o processo de esvaziamento em suas diversas nuances, como brownfields, greyfields e greenfields. Além desses, outros termos se enquadram para análise do processo de esvaziamento, sobremaneira nas áreas centrais das cidades, a saber: imóveis subutilizados, imóveis não utilizados, imóveis não edificados e imóveis em ruínas. Mediante o uso da tipologia dos vazios urbanos, foi possível caracterizar cada tipo de vazio urbano, possibilitando a elaboração de explicações balizadas pela teoria, acerca do seu papel na dinâmica imobiliária da cidade de Natal. Como contraponto, foi analisado o caso da cidade do Porto, em Portugal, onde se tem buscado minimizar o quadro de abandono e degradação das áreas centrais com políticas de reabilitação urbana. Por meio de visitas in loco, com levantamento fotográfico e observação para mapeamento dos tipos de vazios, bem como por meio de entrevistas semiestruturadas junto à agentes dos setores público e privado, foi possível compreender melhor os efeitos dos vazios urbanos nas cidades em tela, bem como os processos em curso para reabilitação de áreas centrais. A tese concluiu que os vazios urbanos causam problemas de diversas ordens para a cidade e que, por isso, precisam ser combatidos. No entanto, é preciso desenvolver uma reabilitação urbana que leve em conta o interesse da população menos favorecida, a fim de evitar a gentrificação.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1777712 - ALESSANDRO DOZENA
Externo à Instituição - ANGELO MAGALHAES SILVA - UFERSA
Presidente - 1149528 - MARCIO MORAES VALENCA
Externo à Instituição - REGINA DULCE BARBOSA LINS - UFAL
Externo ao Programa - 2621706 - SORAIA MARIA DO SOCORRO CARLOS VIDAL
Notícia cadastrada em: 07/07/2017 14:30
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa08-producao.info.ufrn.br.sigaa08-producao