Banca de QUALIFICAÇÃO: EDSEISY SILVA BARBALHO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: EDSEISY SILVA BARBALHO
DATA: 20/07/2015
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do Departamento de Geografia
TÍTULO:

USOS DO TERRITÓRIO E REDE URBANA POTIGUAR NO PERÍODO TÉCNICO- CIENTÍFICO-INFORMACIONAL


PALAVRAS-CHAVES:

Rede urbana. Uso do território. Sistemas de engenharia. Divisão territorial do trabalho.


PÁGINAS: 114
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Geografia
RESUMO:

A difusão do meio técnico-científico-informacional no Rio Grande do Norte vem promovendo mudanças no uso do seu território, principalmente por intermédio da expansão dos sistemas de engenharia relacionados aos transportes e telecomunicações, pela disseminação de formas produtivas modernas além das regiões polarizadas, e ainda pela expansão das formas de produção não-material, como é o caso da educação e dos serviços bancários. A medida que os novos usos do território estadual se realizam, aumenta a complexidade da estruturação da rede urbana. Nesse sentido, nosso objetivo neste trabalho é analisar a rede urbana do Rio Grande do Norte no período técnico-científico-informacional, entendendo que o avanço desse novo meio no território, promove a sua reestruturação, quebrando qualquer lógica pautada numa hierarquia rígida. Para tanto, buscamos conhecer o conjunto de materialidades e ações geografizadas no território estadual a partir  da difusão do meio técnico-científico-informacional, bem como compreender as principais mudanças ocorridas no território estadual a partir desse período, identificando e analisando os elementos relevantes na estruturação da rede urbana. As análises realizadas até o momento, nos permitem considerar que  as mudanças ocorridas na rede urbana estadual a partir do meio técnico- científico-informacional são de várias ordens e a tornam, cada vez mais, complexa e diferenciada. Anteriormente se tinha uma rede de interações entre as cidades do estado que para boa parte das atividades, mesmo àquelas mais cotidianas se mantinha uma situação de dependência a centros maiores, e era reduzido o número de centros mais densos. No contexto atual, o uso do território norte-rio-grandense dada uma certa densidade de técnica, ciência e informação tem uma coabitação de redes que reforçam  o direcionamento de alguns fluxos, mas também redireciona outros, permitindo que as  cidades participem de redes em diferentes escalas simultaneamente e com funções e papéis diversos em cada uma delas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2177362 - ALDO ALOISIO DANTAS DA SILVA
Interno - 349714 - ADEMIR ARAUJO DA COSTA
Interno - 347943 - RITA DE CASSIA DA CONCEICAO GOMES
Notícia cadastrada em: 13/07/2015 08:56
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa14-producao.info.ufrn.br.sigaa14-producao