Banca de QUALIFICAÇÃO: JAMILE MARINHO BEZERRA DE OLIVEIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JAMILE MARINHO BEZERRA DE OLIVEIRA
DATA: 01/09/2015
HORA: 09:00
LOCAL: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PATOLOGIA ORAL
TÍTULO:

Análise da imunoexpressão de marcadores de células -tronco tumorais em neoplasias de glândulas salivares maiores e menores.


PALAVRAS-CHAVES:

CD44, OCT4, neoplasias de glândulas salivares, células-tronco tumorais, imuno-histoquímica.


PÁGINAS: 52
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Odontologia
SUBÁREA: Clínica Odontológica
RESUMO:

Os tumores de glândulas salivares ainda que incomuns, compreendem uma importante área da Patologia Oral. Essas neoplasias exibem uma enorme diversidade morfológica nos diferentes tipos de tumores e, por vezes, até mesmo dentro do mesmo tipo tumoral. Desta forma a ampla variedade de comportamento biológico e a grande diversidade morfológica que estes tumores apresentam, suscitam, muitas vezes, dificuldades de diagnóstico, classificação e tratamento. Entre os tumores benignos o adenoma pleomórfico é a neoplasia mais freqüente das glândulas salivares maiores e menores, enquanto o tumor maligno mais comum é o carcinoma mucoepidermóide apresentando um potencial variado de comportamento biológico agressivo. O carcinoma adenóide cístico merece destaque devido ao seu aspecto microscópico, índice de recidiva e metástases. As células-tronco são células indiferenciadas ou com baixo grau de diferenciação, encontradas em tecidos embrionário e extra-embrionário. Podem permanecer em estado quiescente até a fase adulta, através da auto-replicação, ou diferenciar-se em diversos tecidos, a partir da expressão de determinados genes e exercer funções específicas. A regulação das células-tronco é fundamental para a homeostase e função dos tecidos. Distúrbios na regulação podem levar à proliferação excessiva de células, e muitos tumores são originados e/ou mantidos por células-tronco alteradas. Recentemente, estudos indicaram que as células-tronco tumorais desempenham um papel relevante no desenvolvimento e progressão do câncer. Marcadores de células-tronco são expressos em muitas células tumorais e estão envolvidos em várias etapas de formação dos tumores. Dentre os marcadores, destacam-se o OCT4 e o CD44 cujas expressões têm sido observadas em vários tipos de câncer, incluindo câncer de mama, câncer colo-retal, bem como câncer de cabeça e pescoço. Estes marcadores são utilizados para identificar células-tronco tumorais, uma vez que tem desempenhado um papel importante na progressão do tumor e pior prognóstico. Pesquisas acerca das células-tronco tumorais e das proteínas a elas associadas em algumas neoplasias malignas orais têm sido desenvolvidas. No entanto, o papel dessas proteínas e das células-tronco tumorais em neoplasias de glândulas salivares não está ainda bem estabelecido. O objetivo deste estudo é identificar e comparar, através da imunoexpressão do OCT4 e CD44, grupos de células neoplásicas que possuam características fenotípicas de células-tronco tumorais em uma série de casos de adenomas pleomórficos, carcinomas adenóides císticos e carcinomas mucoepidermóides, correlacionando os achados com parâmetros clinicopatológicos das lesões constantes do estudo, visando fornecer subsídios que auxiliem na compreensão das diferenças existentes no comportamento biológico destas neoplasias. E assim, espera-se contribuir com o fornecimento de ferramentas adicionais acerca das diferenças na progressão e comportamento apresentados por estes tumores a partir de uma análise comparativa de marcadores de proteínas que expressam células-tronco tumorais, para que com isso possam ser melhorados os recursos terapêuticos dos pacientes acometidos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 346077 - LELIA BATISTA DE SOUZA
Interno - 1258693 - LELIA MARIA GUEDES QUEIROZ
Interno - 1298808 - MARCIA CRISTINA DA COSTA MIGUEL
Notícia cadastrada em: 13/08/2015 15:21
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa02-producao.info.ufrn.br.sigaa02-producao