Banca de DEFESA: EMILIA BEATRIZ DAS NEVES SILVA MAIA PIMENTEL

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: EMILIA BEATRIZ DAS NEVES SILVA MAIA PIMENTEL
DATA: 27/02/2015
HORA: 14:30
LOCAL: DEPARTAMENTO DE ODONTOLOGIA
TÍTULO:

Avaliação imuno-histoquímica de fatores de crescimento (BMP 4 E FGF 8) e proteína mesenquimal (SINDECAN-1) em tumores odontogênicos


PALAVRAS-CHAVES:

Tumores odontogênicos; BMP-4, FGF-8; Proteínas mesenquimais, sindecan 1,


PÁGINAS: 108
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Odontologia
SUBÁREA: Clínica Odontológica
RESUMO:

Tumores odontogênicos provêm de tecidos dentários por proliferação de tecido epitelial e/ou mesenquimal. Biologicamente, estas lesões poder ter naturezas distintas, sendo  caracterizadas como alterações no desenvolvimento tecidual (hamartomas), tumores benignos não agressivos ou agressivo e tumores malignos. No desenvolvimento e na progressão desses tumores odontogênicos, diferentes relações de interações epitélio/mesenquimais ocorrem originando os diferentes tipos dessas lesões. Numerosas moléculas sinalizadoras participam dessas relações, dentre estas o fator de crescimento fibroblástico (FGF), e a proteína (Óssea Morfogênica (BMP) e proteoglicanos de sulfato de heparan (sindecan), as moléculas envolvidas nos processos de transcrição e os produtos transcritos. Diante, objetivo dessa pesquisa foi investigar a imunolocalização de fatores de crescimento (BMP-4 e FGF-8) e de proteína mesenquimal (Sindecan-1) em uma série de tumores odontogênicos apresentando comportamento biológicos distintos, visando contribuir para um melhor entendimento da participação dessas proteinas no desenvolvimento tumoral. A amostra foi constituída por 21 ameloblastomas do tipo sólido, 19 cerataocistos odontogênicos e 14 tumores odontogênicos adenomatóides. As células imunomarcadas por BMP-4 e FGF-8 foram quantificadas, enquanto a contagem de sindecan-1 foi semi-quantitativa,  e cada caso tumoral catergorizado em escores: 0 - ausente; 1 - 1 a 10% de células positivas, 2 - 11 a 50% de células positivas; e 3 - > < 50% de células positivas. Maior imunoexpressão da sindecan-e foi observada no epitélio das lesões quando comparada com o mesenquima. No ameloblastoma e o ceratocisto odontogênico essa expressão foi maior que no TOA, o que pode caracterizar um comportamento biológico mais agressivo dessas duas primeiras lesões. A maior expressão de BMP-4 no mesenquima de ameloblastoma comparado ao ceratocisto ( p=0,009), pode indicar uma interação e participação ativa nas células parenquimais na patogenese desses tumores, enquanto que no tecido epitelial, nenhuma diferença signigicativa foi observada quando comparadas as três lesões. Sendo que no ameloblastoma sua expressão foi predominantemente mesenquimal (p=0,008), enquanto no ceratocisto maior expressão foi observada no epitélio (p = 0,0046). Em todas as lesões, correlação forte ou moderada foi observada na imunoexpressão de BMP-4 no epitélio e mesenquima. Para FGF-8, em nenhuma lesão foi observaa diferença entre a imunoexprssão no epitélio ou mesenquima, contudo no ameloblastoma correlação positiva foi encontrada (Correlação Spearman, rho=0,857,p<0,001), indicando que a imunoexpressão de FGF-8 concomitante foi indicar um pior prognóstico para ameloblastomas e também, estar a uma associado a uma maior atividade osteolítica obsrervada nesses tumores. Concluiu-se então que os três biomarcadores avaliados nesse estudo (BMP-4, FGF-8 e Sindecan) participam ativamente da patogenese das lesões, sendo que maior imunoexpressão de FGF-8 e sindecan pode estar associada a um comportamento biológico mais agressivo, enquanto BMP-4 apresentou padrão de imunoexpressão semelhante nas três lesões, podendo estar associado à diferenciação celular e manutenção do padrão de crescimento da lesões.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 347125 - ANA MIRYAM COSTA DE MEDEIROS
Interno - 350485 - HEBEL CAVALCANTI GALVAO
Externo à Instituição - MANUEL ANTONIO GORDON NUNEZ - UEPB
Externo à Instituição - MARIA GORETTI FREIRE DE CARVALHO - UnP
Presidente - 350484 - ROSEANA DE ALMEIDA FREITAS
Notícia cadastrada em: 12/02/2015 09:46
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa07-producao.info.ufrn.br.sigaa07-producao