Banca de DEFESA: LUCIANA ELOISA DA SILVA CASTRO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LUCIANA ELOISA DA SILVA CASTRO
DATA: 27/02/2014
HORA: 14:30
LOCAL: DEPARTAMENTO DE ODONTOLOGIA
TÍTULO:

Avaliação da angiogênese em lesões de líquen plano oral e pênfigo vulgar


PALAVRAS-CHAVES:

Líquen plano, pênfigo, doenças autoimunes, antígenos CD34, imunoistoquímica.


PÁGINAS: 83
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Odontologia
SUBÁREA: Clínica Odontológica
RESUMO:

O Líquen Plano Oral e o Pênfigo Vulgar são doenças imunológicas crônicas mucocutâneas de etiologias desconhecidas que podem acometer a mucosa oral. Tão importante quanto em neoplasias o papel da angiogênese na patogenia das doenças inflamatórias crônicas é de apreciável interesse, podendo ser considerado um marcador da atividade da doença; além de através da investigação desse processo angiogênico aprimorar o entendimento do mecanismo patogênico das mesmas. Este trabalho se propôs a avaliar a atividade angiogênica através da expressão imunoistoquímica do anticorpo anti-CD34 em 26 casos de LPO reticulares, 14 casos de LPO erosivos e em 18 casos de PV. Os resultados deste experimento foram submetidos a testes estatístico não-paramétricos com nível de significância de 5%. Não foram observadas diferenças estatisticamente significativas entre o número médio de vasos obtidos pela MVC nas lesões. Todavia, foi observado que a mediana dos casos de líquen plano oral foi maior que no grupo de pênfigo vulgar, que por sua vez revelou mediana maior que nos casos de mucosa oral normal (p=0,280). No tocante a contagem microvascular de CD34 em relação à forma clínica dos líquens planos orais (reticular e erosivo), verificou-se uma mediana ligeiramente maior para a forma clínica erosiva. Apesar de os testes estatísticos utilizados não demonstrarem diferença significativa (p=0,720). Ainda que os resultados do presente estudo não permitam a afirmação contundente da participação do processo angiogênico na patogênese e progressão das lesões de líquen plano oral e pênfigo vulgar, sugerimos que este processo está presente em ambas as lesões, porém outros estudos devem ser realizados a fim de que essa hipótese seja fundamentada.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 347125 - ANA MIRYAM COSTA DE MEDEIROS
Presidente - 1258707 - ANTONIO DE LISBOA LOPES COSTA
Externo à Instituição - KARUZA MARIA ALVES PEREIRA - UFC
Notícia cadastrada em: 17/02/2014 09:09
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa12-producao.info.ufrn.br.sigaa12-producao