Banca de QUALIFICAÇÃO: RODRIGO GADELHA VASCONCELOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RODRIGO GADELHA VASCONCELOS
DATA: 20/09/2013
HORA: 09:00
LOCAL: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PATOLOGIA ORAL
TÍTULO:

Expressão dos marcadores HIF-1α; GLUT-1; e M-CSF em lesão periférica e central de células gigantes


PALAVRAS-CHAVES:

Lesão periférica de células gigantes; cavidade oral; marcadores HIF-1α; GLUT-1; GLUT-3 e M-CSF


PÁGINAS: 98
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Odontologia
SUBÁREA: Clínica Odontológica
RESUMO:

O granuloma periférico de células gigantes ou epúlide ou lesão periférica de células gigantes (LPCG) é a lesão mais comum de células gigantes na cavidade oral. Provavelmente não representa uma neoplasia verdadeira, mas sim uma lesão reacional causada por uma irritação local ou um trauma; a sua etiologia ainda é controversa. O granuloma central de células gigantes ou lesão central de células gigantes (LCCG) é uma lesão intra-óssea proliferativa de natureza não neoplásica e etiologia desconhecida, antes era denominado como granuloma reparador de células gigantes, embora existam poucas evidências de que a lesão, realmente, represente um processo reparativo. O estudo tem a finalidade de avaliar a expressão imuno-histoquímica através de uma análise dos marcadores HIF-1α; GLUT-1; GLUT-3 e M-CSF em uma série de casos de lesão periférica e central de células gigantes, na tentativa de estabelecer possíveis associações e correlações entre a expressão quantitativa destes marcadores e essas lesões, com o intuito de fornecer subsídios para a melhor compreensão do diferente comportamento biológico dessas entidades patológicas, já que poucos estudos tentam investigar se as diferenças existentes entre o comportamento da LPCG e LCCG são suportadas por um distinto padrão de imunoexpressão para as células gigantes multinucleadas e células mesenquimais estromais mononucleares presentes nestas lesões. A amostra selecionada para a realização desta pesquisa será intencional e constituída por 20 espécimes teciduais de LPCG, 20 espécimes teciduais de LCCG não agressivo e 20 espécimes teciduais de LCCG agressivo emblocados em parafina, que serão oriundos do Serviço de Anatomia Patológica da Disciplina de Patologia Oral do Departamento de Odontologia da UFRN.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2492713 - ERICKA JANINE DANTAS DA SILVEIRA
Interno - 346077 - LELIA BATISTA DE SOUZA
Presidente - 1258693 - LELIA MARIA GUEDES QUEIROZ
Notícia cadastrada em: 04/09/2013 09:23
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa07-producao.info.ufrn.br.sigaa07-producao