Apresentação

Em diversos estados do Brasil, programas de residência em Tecnologia da Informação (TI) são desenvolvidos visando a capacitação e inserção no mercado de profissionais nessa área estratégica para o país e que encontra-se carente de mais profissionais qualificados. Estes programas inserem seus residentes em ambientes e projetos reais de empresas de TI, ao mesmo tempo em que promovem a capacitação dos mesmos, usualmente em nível de pós-graduação lato sensu.

Esta proposta tem como objetivo implantar um programa de residência em Tecnologia da Informação para a Área Jurídica na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) em parceria com instituições do Poder Judiciário.

O fluxo contínuo deste programa e a inclusão de atividades de inovação tecnológica irão fomentar a inovação da área de TI no setor judiciário e unidades similares, já que promovem o desenvolvimento de mão de obra qualificada, sendo assim um importante mecanismo para o fortalecimento do polo de Tecnologia da Informação e para a sociedade do Rio Grande do Norte.

Por fim, a proposta está de acordo com os interesses da UFRN, pois aumenta a atuação da formação de profissionais em nível de pós-graduação e permite uma maior aproximação entre universidade e instituições da região que desenvolvem ou fazem uso de TI. Esta aproximação com instituições da sociedade facilita tanto os processos de transferência de tecnologias desenvolvidas pela universidade, como permite um melhor entendimento dos problemas enfrentados na prática, em contextos reais, permitindo um melhor alinhamento das pesquisas realizadas pelos pesquisadores da universidade.

No contexto deste programa, considera-se como INSTITUIÇÃO PARCEIRA as instituições do Poder Judiciário e correlatas que firmarem parceria com a UFRN para recebimento de residentes deste programa. 

Público alvo: profissionais recém-formados ou disponíveis no mercado que atuem ou queiram atuar na área de TI.

Número de vagas por turma: Mínimo de 20 e máximo de 40.

Local de funcionamento: Laboratórios e salas de aula do IMD (atividades de capacitação), e ambientes de trabalho da instituição parceira (atividades práticas).

Duração: 18 meses

Periodicidade de abertura de turmas: Contínuo

Mês de início das turmas: Agosto/2017 (previsão).

Horários e dias de funcionamento:

O programa de residência funcionará preferencialmente de segunda a sexta, nos horários de funcionamento da instituição parceira, podendo haver ajustes de acordo com a disponibilidade do corpo docente e com demandas da própria instituição parceira e da UFRN.

Carga horária:

A carga horária total do curso é de 2.394 horas, estruturadas da seguinte forma:

  • Componentes curriculares: 1.020h
  • Trabalho de conclusão de curso: 60h
  • Atividades práticas na instituição parceira: 1.314h

Dedicação dos residentes: Pelo menos 30 horas semanais.

Coordenação do Programa: JAIR CAVALCANTI LEITE

Telefone/Ramal: 990-69610

E-mail: jair@dimap.ufrn.br

Período do Curso: 31/07/2017 à Convênio Acadêmico : Nenhum conteúdo disponível até o momento Modalidade de Curso: Presencial
Notícias Veja abaixo as noticias referentes ao nosso Curso.
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2017 - UFRN - sigaa05-producao.info.ufrn.br.sigaa05-producao