Banca de DEFESA: JOYANNE DE SOUZA MEDEIROS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JOYANNE DE SOUZA MEDEIROS
DATA : 04/11/2019
HORA: 10:00
LOCAL: NEPSA II
TÍTULO:

AÇÕES PARA PROMOÇÃO AO ACESSO ABERTO IMEDIATO À PRODUÇÃO ACADÊMICA DA FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DO TRAIRI: UM ESTUDO EMBASADO NA TEORIA DA AÇÃO RACIONAL


PALAVRAS-CHAVES:

Embargo. Acesso Aberto. Produção acadêmica. Teoria da ação racional. 


PÁGINAS: 157
RESUMO:

Esta dissertação tem como objetivo propor ações capazes de motivar os estudantes da Faculdade de Ciências de Saúde do Trairi da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Brasil) a adotarem a disponibilização imediata dos trabalhos de conclusão de curso na Biblioteca Digital de Monografias, levando em consideração o alto índice de trabalhos de conclusão de curso embargados, com acesso restrito de um a três anos. Quanto à metodologia, trata-se de uma pesquisa de natureza exploratória, com finalidade descritiva e abordagem mista, pautada na Teoria da Ação Racional. Foram aplicados questionários e entrevistas aos alunos e professores, de modo que a interpretação dos resultados se deu à luz da Teoria da Ação Racional. Em relação às informações coletadas, utilizou-se a análise estatística descritiva e inferencial para o questionário e, para as entrevistas, a análise de conteúdo. Os resultados sugerem que professores e alunos compreendem os conceitos de acesso aberto e embargo, bem como percebem que o embargo pode gerar atrasos para a realização de outros estudos. Os alunos demonstraram indecisão no tocante ao acesso aberto ou embargo do trabalho final na Biblioteca Digital, já os docentes mostraram-se mais aderentes à ideia de propor o livre acesso aos orientandos. Contudo, essa atitude positiva ao acesso imediato se contradiz com as práticas, pois foi identificado que o embargo é uma orientação dos próprios professores aos alunos para efetuarem o depósito na Biblioteca Digital de Monografias, sendo reflexo da forte cultura de publicar o trabalho final (elaborado em formato de artigo). Logo, as questões de direitos autorais nas revistas e, em particular, o receio de perder o ineditismo vêm contribuindo para o aumento de embargos. Assim sendo, as motivações que contribuem para o embargo são: futura publicação, recomendação do orientador e medo ao plágio. Deste modo, foi elaborado um plano de ação para, entre professores e alunos, difundir os benefícios do acesso aberto imediato, bem como capacitá-los no uso de ferramentas como SHERPA/RoMEO e Diadorim, a fim de auxiliá-los nas questões de direitos autorais relacionadas às políticas das editoras de periódicos e incentivar o depósito de pre-prints nos repositórios.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - FERNANDO CÉSAR LIMA LEITE
Interna - 1225695 - MONICA MARQUES CARVALHO GALLOTTI
Presidente - 3061498 - NANCY SANCHEZ TARRAGO
Notícia cadastrada em: 17/10/2019 11:25
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa01-producao.info.ufrn.br.sigaa01-producao