PPGQ/CCET PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA INSTITUTO DE QUÍMICA Telefone/Ramal: (84) 3342-2323/136 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgq

Banca de QUALIFICAÇÃO: ANNE PRISCILA OLIVEIRA DA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANNE PRISCILA OLIVEIRA DA SILVA
DATA: 13/08/2013
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de Treinamento do NUP-ER-1º Andar
TÍTULO:

Estudo comparativo das propriedades adsortivas dos argilominerais, vermiculita e bentonita,através da formação de um material hibrido à base de quitosana para a remoção simultânea de óleo e dos ións metálicos oriundo de água de produção


PALAVRAS-CHAVES:

Vermiculita, quitosana, metais pesados, adsorção


PÁGINAS: 85
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Química Analítica
ESPECIALIDADE: Análise de Traços e Química Ambiental
RESUMO:

Nos últimos anos, vêm sendo desenvolvidas pesquisas para obtenção de novos materiais e metodologias que visam minimizar problemas ambientais decorrente do descartes de efluentes industriais contaminados com metais pesados  e óleo. A adsorção vem sendo utilizada como uma tecnologia alternativa eficaz, economicamente viável e potencialmente importante para a redução destes contaminantes, principalmente quando se utiliza adsorventes naturais como alguns tipos de argilas. Os argilominerais vermiculita e a bentonita como também o biopolímero quitosana vêm sendo utilizados como materiais adsorventes de baixo custo. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a funcionalidade a funcionalidade dos materiais híbridos obtidos através da utilização dos argilominerais, vermiculita expandida e bentonita, com a quitosana com o intuito da redução do teor de óleo e dos íons metálicos para aplicação em águas de produção gerada pela indústria de petróleo. O materiais obtidos foram caracterizados por espectroscopia do infravermelho (IV) , termogravimetria (TG/DTG). microscopia de varredura eletrônica (MEV) e área superficial (BET). Os dados de DRX não demonstraram uma mudança significativa na cristalinidade nos argilominerais revestidos com quitosana em comparação a sua forma natural.Os resultados do MEV não demonstraram uma mudança significativa na estrutura dos argilominerais.Nos resultados de IV observou-se a presença da quitosana na superfície dos argilominerais, devido o aumento da intensidade das  bandas de absorção características do material orgânico. Em função dos ensaios de adsorção realizados inicialmente através de um planejamento 22 que a quitosana demonstrou maior capacidade adsortiva do que a vermiculita natural, com uma máxima de 89,22 % em média para concentrações de 1000 mg/L.Através do planejamento 23, pode-se observar  através do fator x3 (tipo do catalisador), demonstrou maior capacidade adsortiva do que a vermiculita natural.Os resultados mostram que a capacidade de remoção dos íons através da quitosana  foi, em média, de 92,84 % para cobre em concentrações na faixa de 100 mg/L e de 41,87 % para concentrações em torno de 750 mg /L após 24 horas de contato. Através dos resultados, pode-se concluir que a incorporação do polímero procipia um melhoramento na capacidade adsortiva dos argilominerais estudados.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ANA CATARINA DA ROCHA MEDEIROS - UENF
Interno - 1645110 - CARLOS ALBERTO MARTINEZ HUITLE
Externo à Instituição - FABIO GARCIA PENHA - IFRN
Presidente - 1308577 - SIBELE BERENICE CASTELLA PERGHER
Notícia cadastrada em: 12/08/2013 10:37
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa13-producao.info.ufrn.br.sigaa13-producao