Banca de QUALIFICAÇÃO: DANIELLE DE OLIVEIRA MAIA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.

DISCENTE: DANIELLE DE OLIVEIRA MAIA

DATA: 19/05/2011

HORA: 15:00

LOCAL: Auditório do Centro de Ciências Exatas e da Terra

TÍTULO:

Desenvolvimento de novos complexos macrocíclicos do sistema Co-cyclam


PALAVRAS-CHAVES:

cobalto cyclam, tiossulfato, compostos de coordenação.


PÁGINAS: 81

GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra

ÁREA: Química

SUBÁREA: Química Inorgânica

RESUMO:

Este trabalho tem por objetivo sintetizar e estudar as características espectroscópicas e eletroquímicas do composto de coordenação trans-Na[Co(cyclam)(tios)2], onde tios = tiossulfato.  O composto obtido foi caracterizado por Espectroscopia de Absorção na Região do UV-Visível, Espectroscopia de Absorção na Região do Infravermelho (IV), Espectroscopia de Luminescência e Eletroquímica (voltametria cíclica). Os resultados apontam que na análise eletroquímica, o deslocamento do potencial para valores mais negativos no complexo com o ligante tiossulfato (-217 mV) comparativamente ao complexo precursor trans-[Co(cyclam)Cl2]Cl (-44 mV), pode ser explicado por uma característica de doação eletrônica mais pronunciada do ligante tiossulfato ao metal, comparativamente ao ligante cloreto. Esta tendência está de acordo com os resultados obtidos nos espectros eletrônicos do complexo sintetizado e do precursor, em que é mostrado que o complexo com íon tiossulfato coordenado apresenta uma banda de transferência de carga LMCT em regiões menos energéticas (350 nm) do que no complexo com os ligantes cloretos (318 nm) o que acarreta em um enriquecimento eletrônico do metal neste complexo, quando comparado ao seu complexo precursor trans-[Co(cyclam)Cl2]Cl. Na análise de infravermelho observou-se a coordenação do ligante tiossulfato ao metal através de bandas (1197 e 1151 cm-1) características que comprovam a forma monodentada de coordenação via átomo de enxofre. Na análise de luminescência foram observadas bandas de transferência de carga no espectro de emissão do complexo trans-Na[Co(cyclam)(tios)2] referentes aos ligantes cyclam e tiossulfato (438, 450, 467, 481 e 492 nm). Nos espectros de emissão dos ligantes observa-se uma alta intensidade na região do visível, indicando que estes possam agir como antena na transferência de energia para o íon metálico.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1530500 - ANA CRISTINA FACUNDO DE BRITO
Externo ao Programa - 1715109 - DANIEL DE LIMA PONTES
Presidente - 1199305 - FABIANA ROBERTA GONCALVES E SILVA HUSSEIN
Notícia cadastrada em: 03/05/2011 10:19
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa28-producao.info.ufrn.br.sigaa28-producao