Banca de QUALIFICAÇÃO: EVANIMEK BERNARDO SABINO DA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : EVANIMEK BERNARDO SABINO DA SILVA
DATA : 10/06/2016
HORA: 14:30
LOCAL: Sala de treinamento do NUP-ER
TÍTULO:

REMEDIAÇÃO ELETROCINÉTICA DE SOLO CARBONÍFERO POLUÍDO COM PETRÓLEO


PALAVRAS-CHAVES:

Remediação, Eletrocinética, Solos, Carboníferos, Petróleo, Descontaminação


PÁGINAS: 144
RESUMO:

O presente trabalho foi realizado com finalidade de observar a aplicação do tratamento eletrocinético e o comportamento de seus fenômenos (eletromigração, eletro-osmose, eletroforese e eletrólise) na descontaminação de solos carboníferos contaminados por componentes xenobióticos. Para a comprovação desta, foi realizada uma série de experimentos para determinação de melhor geometria de célula e melhor dimensionamento desta para utlização como piloto. Os experimentos foram realizados em célula com volumes internos diferentes, variando de 0,1 L a 3 L, desta forma favorecendo a definição de uma célula com melhor rendimento para os experimentos finais. Em ambos os experimentos desenvolvidos o solo carbonífero foi contaminado com concentrações diferentes de petróleo bruto da formação Umburana, variando este entre 500 ppm a 2500 ppm, desta maneira constituindo a matriz sedimentar carbonífera contaminada. Para configuração da amostra utilizou-se de uma quantidade de sedimento com peso variando entre 0,05 Kg a 1,5 Kg de sedimento carbonifero macerado e processado. A série de experimentos será discutida em três grandes unidades; Experimentos preliminares, experimentos intermédiarios e experimentos finais nos quais se consolidou uma metodologia para o Remediação Eletrocinética de Solos (RES) com maior rendimento. Os eletrodos utlizados para o desenvolvimento experimental foi o Ânodo Dimensionalmente Estável (DSA) de Rutênio-Titânio-Óxido (Ti/Ru0,34Ti0,66O2) e eltrodos de Gráfite Carbono (GC) aplicando diferentes correntes eletricas. A eliminação dos compostos orgânicos foi monitorada mediante Carbono Orgânico Total (COT), Potencial Zeta (ζ) e medidas espectrofotométricas (UV-Visível). Também foram feitas medida de potencial Hidrogêniônico (pH), condutividade (S.cm-1), e volume de vaporização do eletrólito utilizado (Na2SO4). Os resultados indicaram que mais de 70% dos derivados de petroleo foram removidos do solo apos 384 h. Em testes de 480 h foi verificada a remoção de poluentes organicos nos compartimentos catodico e anodico; e tambem com a presença de metais pesados. O potencial zeta indicou que os compostos organicos são transportados devido aos fenomenos de eletromigraçao e eletro-osmose, e confirmando que o tamanho das particulas varia no decorrer do tempo. A eletrolise dos eletrolitos favoreceu a formação de um gradiente de pH, o qual permitiu um aumento na mobilidade dos contaminantes do solo para os reservatorios. O efluente contaminado com petroleo tambem foi tratado eletroquimicamente, obtendo altos niveis de remoção.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1645110 - CARLOS ALBERTO MARTINEZ HUITLE
Interno - 348475 - DJALMA RIBEIRO DA SILVA
Externo ao Programa - 2275848 - ELISAMA VIEIRA DOS SANTOS
Interno - 1412709 - NEDJA SUELY FERNANDES
Notícia cadastrada em: 01/06/2016 15:26
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa04-producao.info.ufrn.br.sigaa04-producao