Banca de DEFESA: JORGE LUCAS NASCIMENTO SOUZA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JORGE LUCAS NASCIMENTO SOUZA
DATA : 06/03/2020
HORA: 09:00
LOCAL: POP Centro de Convivência
TÍTULO:

AVALIAÇÃO DA RESPOSTA IMUNOLÓGICA NO TRATO GASTRINTESTINAL DE OVINOS RESISTENTES E SUSCETÍVEIS A INFECÇÕES POR NEMATOIDES


PALAVRAS-CHAVES:

Animais de produção; Citocinas; Expressão gênica; Resposta imunológica.


PÁGINAS: 100
RESUMO:

As infecções causadas por nematoides gastrintestinais levam a prejuízos na produção animal, em especial a ovinocultura, uma importante atividade socioeconômica. Compreender os mecanismos envolvidos na resposta imunológica desses animais a essas infecções são essenciais, uma vez que animais pertencentes a mesma raça e rebanho respondem de formas diferentes as infecções. A carência de trabalhos envolvendo essa diferenciação em ovinos leva a necessidade de compreender melhor esses mecanismos. Nesse sentido, o objetivo deste trabalho foi quantificar a expressão de citocinas (IFN-γ, TNF-α, IL-4, IL-13, IL-9, IL-22, TGF-β e IL-10) envolvidas na resposta imunológica a nematoides gastrintestinais de ovinos classificados fenotipicamente como resistentes e suscetíveis. Para isso foram utilizadas amostras do abomaso (AB), intestino delgado (ID) e grosso (IG) de 12 ovinos mestiços, ½ Santa Inês x ½ sem padrão de raça definida, infectados naturalmente por nematoides gastrintestinais, sendo 6 animais resistentes e 6 suscetíveis. A partir dessas amostras, foi realizada a extração de RNA total dos tecidos, sintetizado o cDNA, que foi quantificado por qPCR para a determinação da expressão relativa, utilizando um gene controle ideal para cada tecido (GAPDH, SDHA e RPL-19) e analisados pelo software REST©. Houve aumento na expressão de IL-4 e IL-13 em todos os tecidos do trato gastrintestinal do grupo resistente as infecções por nematoides comparado aos animais do grupo suscetível. No AB, ID e IG, respectivamente, houve aumento de 2,5x, 2,8x (P<0,017) e 1,3x de IL-4 e 1,1x, 1,3x e 7,0x (P<0,001) de IL-13. Por outro lado, TNF-α e IL-9 foram associadas ao perfil de suscetibilidade a infecção, sendo mais expressas em todos os segmentos gastrintestinais dos animais suscetíveis. Nesse grupo, o AB, ID e IG, respectivamente, houve aumento de 1,1x, 5,3x (P<0,001) e 2,2x de TNF-α e 2,6x, 1,8x e 1,5x de IL-9. Em conclusão, IL-4 e IL-13 foram associadas ao perfil de resistência e TNF-α e IL-9 ao perfil de suscetibilidade. A expressão das outras citocinas variou nos diferentes órgãos dos diferentes grupos em virtude da dinâmica dos parasitos em cada órgão ser diferente.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1714262 - LILIAN GIOTTO ZAROS DE MEDEIROS
Interno - 2213126 - VALTER FERREIRA DE ANDRADE NETO
Externa à Instituição - LILIAN LACERDA BUENO - UFMG
Notícia cadastrada em: 17/02/2020 12:59
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa26-producao.info.ufrn.br.sigaa26-producao