Banca de QUALIFICAÇÃO: ROSEMEIRE ANDREATTA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ROSEMEIRE ANDREATTA
DATA : 20/10/2022
HORA: 08:00
LOCAL: Departamento de Saúde Coletiva
TÍTULO:

CICLO DE MELHORIA DA QUALIDADE PARA REDUÇÃO DA TAXA DE INFECÇÃO DE SÍTIO CIRÚRGICO APÓS CIRURGIA CESARIANA EM UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO


PALAVRAS-CHAVES:

Ciclo de Melhoria da Qualidade; Infecção de Sítio Cirúrgico; Cirurgia Cesariana


PÁGINAS: 50
RESUMO:

Introdução: Na América Latina e no Caribe, as taxas de parto por cirurgia cesariana chegam a quatro em cada 10 (43%) nascimentos. A complicação mais comum após a cirurgia cesariana é a infecção do sítio cirúrgico (ISC), definida como uma infecção que ocorre no local de um procedimento cirúrgico dentro de 30 dias após a cirurgia. A incidência das ISC em cirurgias cesarianas varia de 3 a 15% em diversos países. Essa complicação resulta em internações hospitalares prolongadas, comprometendo a evolução puerperal satisfatória, com retardo do vínculo entre o binômio mãe/recém-nascido, além de aumentar os custos para o sistema de saúde. 

Objetivo: Realizar um ciclo de melhoria para reduzir a taxa de infecção de sítio cirúrgico após cirurgias cesarianas no contexto de um hospital universitário. 

Métodos: Trata-se um estudo quase experimental tipo misto, com análise, antes e depois, e de série temporal, sem grupo controle com abordagem quantitativa, utilizando um ciclo de melhoria da qualidade. Foram elaborados 8 critérios de qualidade, sendo 7 de processos para avaliar a adesão as boas práticas estabelecidas e recomendadas pela literatura, e 1 critério de resultado. As intervenções foram definidas no diagrama de afinidades, a partir da análise das principais causas do problema e também do resultado da avaliação inicial de qualidade, e as ações são monitoradas por meio do diagrama de gantt. O contexto foi analisado segundo as categorias do modelo MUSIQ. 

Resultado:Na primeira avaliação, para os critérios de qualidade com coleta de dados retrospectivos, foram verificadas 112 não-conformidades (NC). Considerando a distribuição percentual em cada critério, identificaram-se 100% de NC para o critério Tricotomia realizada adequadamente, 82,2% no critério Manutenção do curativo da incisão cirúrgica estéril, limpo e seco nas primeiras 24h, 53,3% para o critério Administração da antibioticoprofilaxia no tempo e dose adequada e 13,3% de não- conformidades para o critério Banho realizado adequadamente. Para os critérios com coleta de dados observacionais / concorrentes, foram verificadas 42 NC. Considerando a distribuição percentual, identificaram-se 100% de NC para o critério Antissepsia da pele com clorexidina alcoólica realizada adequadamente, 87,5% para o critério Antissepsia da pele com clorexidina degermante realizada adequadamente e 75% de não-conformidades para o critério Antissepsia cirúrgica das mãos realizada adequadamente. Para avaliação do critério de qualidade de resultado, foi utilizado como dado de referência a mediana da taxa de ISC após cirurgia cesariana do ano de 2021, a qual correspondeu a 10,9%.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1868020 - ZENEWTON ANDRÉ DA SILVA GAMA
Interna - 1645299 - MARISE REIS DE FREITAS
Externa à Instituição - SUSANA CECAGNO - UFPel
Notícia cadastrada em: 21/10/2022 23:59
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa11-producao.info.ufrn.br.sigaa11-producao