Banca de QUALIFICAÇÃO: LUCIANO LUIZ DA SILVA JÚNIOR

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LUCIANO LUIZ DA SILVA JÚNIOR
DATA: 11/04/2016
HORA: 14:00
LOCAL: Departamento de Saúde Coletiva - UFRN
TÍTULO:

Melhoria da Qualidade do Registro Médico de pacientes com Câncer de Próstata na Liga Norteriograndense Contra o Câncer.


PALAVRAS-CHAVES:

Prontuário Médico; Registro Médico; Qualidade do Registro Médico; Ciclo de Melhoria.


PÁGINAS: 39
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Saúde Coletiva
SUBÁREA: Saúde Pública
RESUMO:

Objetivo:

A qualidade do registro médico tem influência, positiva ou negativa, em todas as etapas da assistência na Saúde, do diagnóstico ao tratamento, dos processos judiciais às contas hospitalares. Entende-se, ainda, que seu nível pode ser o reflexo da própria atividade. Evidencia-se, portanto, que a sua melhoria, deva ser buscada de forma persistente e contínua. Este projeto teve a intenção de verificar a efetividade dos ciclos de avaliação contínua na melhoria da qualidade do preenchimento de prontuários médicos.

Metodologia:

Na perspectiva de utilizar o Ciclo de Melhoria da Qualidade em prontuários, foram selecionados pacientes matriculados com diagnóstico de câncer de próstata na Liga Norte Riograndense contra o Câncer, optou-se por definir dez critérios de qualidade a serem examinados e, a partir de amostragens aleatórias, proceder ao estudo de cada um desses critérios em separado, elegendo-se duas ocasiões distintas, pré-determinadas, como antes e depois das intervenções propostas, Tais intervenções envolveram, de forma participativa, administradores e médicos, fornecendo ações focadas na educação médica e na reestruturação do prontuário, através da criação e validação de um modelo de ficha específico a essa neoplasia.

No intuito de identificar o nível de qualidade, selecionou-se a estimativa pontual e intervalo de confiança (95%) do cumprimento dos critérios. Para comprovar a efetividade das intervenções, calcularam-se as melhorias absoluta e relativa entre a primeira e última avaliação, assim como a sua significação estatística (p<0,05) com teste z unilateral.

Resultados:

Na avaliação inicial, sopesando todos os critérios estudados, verificaram-se índices de cumprimento de 68,7% e 78,7% na média e mediana, respectivamente, bem como um total de não conformidades em 411 vezes, significando 34,2% de não cumprimento. Os destaques extremos, constituíram as patologias associadas e classificação TNM, com 81,9% (±6,3%) e 9,5% (±4,8%), nessa ordem. Já na segunda avaliação, notou-se uma redução do número total de defeitos em 50,6%, equivalente a 208 ocasiões considerando a proporcionalidade das amostras, a qual corresponde a 17,3% de níveis médios de descumprimento.

Conclusões:

A avaliação baseada em critérios possibilitou a identificação de defeitos de qualidade no preenchimento dos prontuários levantados, o que, por sua vez, permitiu um satisfatório direcionamento das intervenções propostas. Tendo em vista os valores resultantes da melhoria absoluta, da melhoria relativa e sua significação estatística, percebe-se que o ciclo de melhoria continua foi efetivo na diminuição dos defeitos observados de forma mais relevante, além de auxiliar expressivamente no progresso da qualidade do registro médico.

Descritores:

Prontuário Médico; Registro Médico; Qualidade do Registro Médico; Ciclo de Melhoria.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 3926907 - DYEGO LEANDRO BEZERRA DE SOUZA
Externo à Instituição - KLEBER CAVALCANTI NÓBREGA - UnP
Interno - 1868020 - ZENEWTON ANDRE DA SILVA GAMA
Notícia cadastrada em: 17/03/2016 08:53
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2017 - UFRN - sigaa01-producao.info.ufrn.br.sigaa01-producao