Banca de QUALIFICAÇÃO: LUCAS NOVAIS ASSUNÇÃO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : LUCAS NOVAIS ASSUNÇÃO
DATA : 17/11/2022
HORA: 10:00
LOCAL: Remoto e Online - Google Meet
TÍTULO:

Perda de conhecimento em projetos de software devido a rotatividade de profissionais de TI: Um estudo na Universidade Federal de Viçosa UFV


PALAVRAS-CHAVES:

perda de conhecimento; retenção de conhecimento; rotatividade; desenvolvimento de software; tecnologia da informação.


PÁGINAS: 59
RESUMO:

O conhecimento é considerado um dos ativos estratégicos mais importantes para as organizações contemporâneas. Prusak (1997) destaca que conhecimento e inteligência estão conectados: a inteligência é necessária para se gerar conhecimento e o conhecimento fornece a base através da qual a inteligência pode ser aplicada. A Inteligência advém de pessoal qualificado que, apoiado pelos recursos de Tecnologia da Informação TI, executa, gerencia e toma as melhores decisões para o bom desempenho das organizações, sejam elas públicas ou privadas. Pesquisas mostram que a rotatividade de profissionais de TI tornou-se um problema crônico e o déficit pode chegar a meio milhão até 2025, refletindo uma aceleração significativa da demanda deste setor. Além disso, formam-se no Brasil 53 mil pessoas ao ano um terço da demanda projetada e quase 50% dos já contratados nos últimos 12 meses tiveram duas ofertas de emprego adicionais, as quais são levadas em consideração e que pode vir a representar a saída voluntária da atual organização num curto ou médio prazo. A rotatividade de profissionais de TI acarreta diversos custos; minimizar e conter seus danos tornou-se um difícil e recorrente desafio para os gestores de Recursos Humanos, não somente por questões econômicas, mas sobretudo para a gestão e preservação do principal ativo imaterial diretamente responsável pelo sucesso de qualquer organização: o conhecimento. Este trabalho apresentará um estudo sobre perda e retenção de conhecimento na Universidade Federal de Viçosa, onde o fenômeno da rotatividade para o cargo de Técnico em Tecnologia da Informação nos últimos dois anos foi considerado relevante. Um artefato institucional de boas práticas para retenção do conhecimento de projetos de software será elaborado para o contexto do estudo, a fim de auxiliar gerentes e equipes na implementação de ações na sua rotina de trabalho. O objetivo é assegurar o bom andamento dos trabalhos, preservar a memória institucional e evitar eventuais perdas de recursos públicos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2274774 - EIJI ADACHI MEDEIROS BARBOSA
Externo ao Programa - 1961108 - FERNANDO MARQUES FIGUEIRA FILHO - UFRNExterno à Instituição - AWDREN DE LIMA FONTAO
Notícia cadastrada em: 09/11/2022 23:20
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa19-producao.info.ufrn.br.sigaa19-producao