Banca de DEFESA: RAMON SANTOS MALAQUIAS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : RAMON SANTOS MALAQUIAS
DATA : 15/07/2022
HORA: 09:00
LOCAL: Google Meet - Videoconferência
TÍTULO:

Um middleware baseado no padrão HL7 FHIR para Sistemas de Informação de Saúde


PALAVRAS-CHAVES:

healthcare; middleware; interoperabilidade; SIS; EHR; eHealth; mHealth.


PÁGINAS: 90
RESUMO:

A prestação de serviços de saúde está, cada vez mais, sendo apoiada por diferentes soluções tecnológicas, como por exemplo, Sistemas de Informação de Saúde (SIS), Electronic Health Records (EHR) ou soluções baseadas em eHealth e mHealth. Tais soluções trazem benefícios tanto do ponto de vista de Gestão de Serviços de Saúde, quanto do acompanhamento clínico e do cuidado com pacientes e são utilizadas em diferentes ambientes, como hospitais, clínicas, laboratórios, homecare, dentre outros.

É comum que diferentes e pontuais problemas sejam resolvidos a partir de tecnologias. Por exemplo, em um hospital podem ser utilizados: um Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP) para o gerenciamento de informações referentes à consultas e tratamentos dos pacientes; um Sistema para Monitoramento de Pacientes Internados em leitos de Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs), enfermarias ou homecare; e outra ferramenta para gerenciamento de exames ambulatoriais. Essas soluções, apesar de estarem inseridas no mesmo contexto, lidam com dados de naturezas distintas, resultando em um ecossistema de soluções heterogêneas e que não são facilmente integradas, dificultando o processo de interoperabilidade entre elas.

Interoperabilidade consiste na capacidade que uma aplicação possui de transferir dados para outra aplicação (interoperabilidade sintática) e a capacidade que de interpretação dos dados que são transferidos (interoperabilidade semântica). Considerando a diversidade de tipos de soluções que podem ser utilizadas no contexto da saúde e o ganho potencial que se pode obter ao integrar dados de diferentes soluções desse contexto, a criação de soluções que facilitem o desenvolvimento e potencializem a integração entre soluções, como Middlewares, surge como opção. No entanto, a revisão do estado da arte realizada neste trabalho evidencia que as soluções de middlewares para sistemas de saúde são focadas em diferentes áreas (como exames de imagens, sensoriamento e soluções de computação móvel) e não utilizam padrões de interoperabilidade abertos e que facilitem o desenvolvimento e a troca de informações de diferentes dados clínicos, como o HL7 FHIR (Fast Healthcare Interoperability Resources - HL7 FHIR).

É com base nesse contexto que neste trabalho é descrito um Middleware Baseado no Padrão HL7 FHIR para Sistemas de Informação de Saúde, que tem como objetivo promover a interoperabilidade entre diferentes sistemas de informação de saúde, possibilitando a fácil integração entre eles. Neste sentido, ao longo do trabalho serão descritos os requisitos da solução, bem como detalhes de sua arquitetura e implementação, trazendo como resultados a realização e a avaliação de duas Provas de Conceito realizadas com 7 aplicações integradas a partir do Middleware desenvolvido.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2510306 - FREDERICO ARAUJO DA SILVA LOPES
Interno - 2180207 - ITAMIR DE MORAIS BARROCA FILHO
Externa à Instituição - ROSSANA MARIA DE CASTRO ANDRADE - UFC
Notícia cadastrada em: 04/07/2022 07:56
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa28-producao.info.ufrn.br.sigaa28-producao