PROFLETRAS/CN PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM LETRAS - PROFLETRAS CURRAIS NOVOS CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO SERIDÓ Telefone/Ramal: Não informado

Banca de QUALIFICAÇÃO: RENATO MARQUES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : RENATO MARQUES
DATA : 05/12/2019
HORA: 15:00
LOCAL: Sala B1 PROFLETRAS
TÍTULO:

UMA ABORDAGEM LÚDICA PARA O ENSINO DE GRAMÁTICA DA LÍNGUA PORTUGUESA.


PALAVRAS-CHAVES:

Ensino de gramática e ludicidade. Material didático. Acentuação Gráfica


PÁGINAS: 49
RESUMO:

Os textos que recebemos de nossos alunos, em várias atividades, apresentam consideráveis inadequações quanto ao domínio das habilidades de acentuação gráfica. Assim, percebemos que, quanto ao domínio das competências ortográficas exigidas em diferentes textos, especificamente, no que se refere à esperada habilidade em acentuação gráfica, existe uma carência que, no nosso entendimento, pode estar relacionada à forma como tal conteúdo vem sendo abordado nas aulas de língua portuguesa. É bastante comum ouvir dos alunos expressões como: “português é complicado”; “gramática é difícil demais”. O presente trabalho trata especificamente sobre o tópico da acentuação gráfica, como forma de contribuir para minimizar as dificuldades encontradas nessa área. Para tanto, realizamos uma intervenção didática respaldada numa abordagem lúdica do conteúdo, por meio de um jogo que criamos, no qual são exploradas as regras de acentuação gráfica. Por meio desse mecanismo objetivamos despertar o interesse dos alunos pelas aulas de língua portuguesa de modo a torna-los participantes ativamente envolvidos em tais aulas, tornando-as menos enfadonhas e mais atrativas, cujo resultado esperado é a melhora no aprendizado. A elaboração desse recurso didático e a sua utilização efetiva em sala de aula, cujos resultados obtidos, ao final apresentados e analisados, constituem uma intervenção didática nos moldes requeridos pelo Mestrado Profissional em Letras.  O corpus deste trabalho consiste no emprego de um jogo de tabuleiro composto por cartas, regras e percurso a ser trilhado pelos alunos no decorrer de cada partida, o qual foi utilizado na intervenção pedagógica em sala de aula. O trabalho se desenvolveu uma escola pública da rede municipal de ensino na cidade de Jucurutu - RN, em uma turma do 7º ano do ensino fundamental II. Recorremos a alguns teóricos que refletem acerca do ensino de gramática, tais como: Faraco (2008), Franchi (2006) e Neves (2003) dentre outros, apenas como forma de situarmos o debate atual acerca do tema. Já Kishimoto (2011), Friedmann (1996), Melo (2011), Figueiredo (2009) e Silva (2015) nos auxiliam a compreender a dimensão lúdica do aprendizado. Sem desconhecer e, menos ainda, desconsiderar que o ensino de gramática de língua portuguesa deve se dar de forma significativa e contextualizada, entendemos que a abordagem das regras de acentuação gráfica, dada a sua natureza técnica e árida, poderá se servir do lúdico como forma de tornar mais atrativas as aulas que abordam esse tópico.   Após a realização da intervenção, nossas análises ainda preliminares, revelam que o jogo propiciou aos alunos, além de uma maior participação nas aulas, uma real evolução quanto ao domínio prático das regras de acentuação gráfica, o que nos permite concluir que a utilização de estratégias lúdicas pode também ser utilizada com êxito na abordagem de outros tópicos gramaticais.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1168647 - MARIO LOURENCO DE MEDEIROS
Interna - 349683 - JOSILETE ALVES MOREIRA DE AZEVEDO
Interna - 056.218.104-06 - MARIA ASSUNCAO SILVA MEDEIROS - UFRN
Notícia cadastrada em: 14/11/2019 22:53
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa01-producao.info.ufrn.br.sigaa01-producao