Banca de QUALIFICAÇÃO: CARLOS ALBERTO PEREIRA DE QUEIROZ LION FILHO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CARLOS ALBERTO PEREIRA DE QUEIROZ LION FILHO
DATA: 24/07/2013
HORA: 08:30
LOCAL: sala de aulas PPGCEM
TÍTULO:

 DESENVOLVIMENTO DE COMPÓSITO A PARTIR DA PIAÇAVA PARA CONSTRUÇÃO DE UMA PARÁBOLA DE FOGÃO SOLAR


PALAVRAS-CHAVES:

compósitos poliméricos, fibras de casca de piaçava, energia solar, fogão solar.


PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
RESUMO:

Este trabalho apresenta um modelo de fogão solar à concentração composto de uma parábola obtida através da utilização de fibra de casca de piaçava, reforço natural alternativo aos compostos poliméricos usualmente utilizados como a fibra de vidro, aplicada sobre um molde cerâmico, destinado ao cozimento de alimentos para fins residenciais, urbanos e rurais. Assim, o trabalho é iniciado com a caracterização da microestrutura da fibra da casca da piaçava, também chamada de borra ou resíduo, seguido da caracterização do compósito utilizando como matriz resina ortoftálica reforçada com fibras de casca de piaçava a. O Estado da Bahia, na região do baixo-sul, é o único produtor de fibras de piaçava da espécie Attalea funifera Martius,  sendo a fibra da casca de piaçava muito utilizada na cobertura de quiosques em áreas de lazer como sítios, clubes e praças, diferentemente da fibra propriamente dita utilizada na confecção de vassouras. O compósito, que tem em sua estrutura resina poliéster ortoftálica reforçada somente com fibras da casca da piaçava, foi desenvolvido usando o processo de molde fechado por compressão. As amostras com diferentes percentuais de fibras, sendo metade delas tratadas com NaOH a 3%, e dimensões de 150x25x3 mm, foram cortadas a laser na placa do compósito obtido para os ensaios mecânicos e posterior análise microestrutural. Finalizando com a construção da parábola cujo espelhamento foi obtido através da utilização de múltiplos segmentos planos de espelho de 3 mm de espessura. A estrutura da parábola tem mobilidade de movimentos para a correção do movimento aparente do sol. Serão apresentados detalhes técnicos dos processos de caracterização das fibras da casca de piaçava, caracterização do compósito, fabricação e montagem do fogão, uma análise das viabilidades, térmica, econômica e de materiais de tal protótipo, que tem uma conotação social importante e um aspecto primordial, que é o combate a danos ecológicos proporcionados pela utilização, ainda em larga escala, da lenha para o cozimento dos alimentos.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 348080 - JOSE UBIRAGI DE LIMA MENDES
Externo ao Programa - 349104 - LUIZ GUILHERME MEIRA DE SOUZA
Externo à Instituição - ROBERTO SILVA DE SOUZA - IFRN
Presidente - 1149564 - WILSON ACCHAR
Notícia cadastrada em: 17/07/2013 11:29
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa24-producao.info.ufrn.br.sigaa24-producao