Banca de QUALIFICAÇÃO: ANA CLAUDIA MEDEIROS DE CARVALHO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANA CLAUDIA MEDEIROS DE CARVALHO
DATA: 14/06/2013
HORA: 09:00
LOCAL: sala de aulas PPGCEM
TÍTULO:

Síntese e Caracterização do Poli(ácido láctico) para Uso em Sistemas de Liberação Controlada de Fármacos.


PALAVRAS-CHAVES:

Biomaterial, poli(ácido láctico), síntese,policondensação,sistema de liberação de fármacos.


PÁGINAS: 80
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
RESUMO:
Com os avanços na medicina, a expectativa de vida da população mundial vem crescendo consideravelmente nas últimas décadas, no entanto, um maior número de doenças e uma redução natural das propriedades e atividades dos tecidos e dos órgãos são consequência deste crescimento. Pesquisas vêm sendo realizadas, visando manter o padrão de vida da população através do desenvolvimento de novas drogas e novos procedimentos cirúrgicos. Os biomateriais são uma das alternativas mais estudadas atualmente, e sua utilização vai desde a reconstrução de tecidos e órgãos afetados por patologias ou outros tipos de falha, à utilização em sistema de liberação de fármacos capazes de prolongar o tempo do medicamento no organismo e aumentar a sua biodisponibilidade. Os biopolímeros são uma classe de biomateriais muito visada pelos pesquisadores, uma vez que apresentam propriedades ideais para tal aplicação, como por exemplo, alta biocompatibilidade e biodegradabilidade. O Poli(ácido láctico) (PLA) é um exemplo de biopolímero usado como biomaterial, e seu monômero, o ácido láctico, é um ácido encontrado naturalmente no organismo, podendo ser produzido a partir de fontes renováveis não-tóxicas, como o milho. Poli(ácido láctico) é comercialmente produzido a partir da policondensação direta do ácido láctico ou da polimerização por abertura de anel do lactídeo, porém, a policondensação direta é a forma de síntese mais barata para produzir PLA devido ao uso de poucas etapas de polimerização. Neste trabalho foi utilizada a ferramenta de planejamento experimental para produzir PLAs com diferentes massas molares, a partir da policondensação direta de ácido láctico, visando otimizar e controlar os principais parâmetros da policondensação, de modo a produzir PLA com características adequadas para a  utilização em sistema de liberação de fármacos (SLFs). Os PLAs produzidos foram caracterizados pelas técnicas de Calorimetria Diferencial de Varredura (DSC), Infravermelho com Transformada de Fourier (FTIR), Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV) e Cromatografia por Exclusão de Tamanho (SEC).


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1639820 - ARNOBIO ANTONIO DA SILVA JUNIOR
Interno - 1639676 - EDSON NORIYUKI ITO
Presidente - 1755267 - MARIA CAROLINA BURGOS COSTA DO NASCIMENTO
Notícia cadastrada em: 10/06/2013 08:30
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa18-producao.info.ufrn.br.sigaa18-producao