Banca de DEFESA: LEILIANE ALVES DE OLIVEIRA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LEILIANE ALVES DE OLIVEIRA
DATA: 18/05/2013
HORA: 09:30
LOCAL: sala de aulas PPGCEM
TÍTULO:

Desenvolvimento e Caracterização de um Compósito de Matriz Metálica – CMM do Aço EUROFER97 Reforçado com Carbeto de Tântalo – TaC


PALAVRAS-CHAVES:

EUROFER97, Carbeto de Tântalo, Sinterização, Partículas Nanométricas, CMM.


PÁGINAS: 147
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
RESUMO:

O aço EUROFER é uma liga promissora para ser utilizado em reatores nucleares ou aplicações, onde o material é submetido a temperaturas de serviço até 550°C devido sua menor resistência sob fluência. Uma forma de melhorar as propriedades do aço, para que ele trabalhe a temperaturas mais altas com o melhoramento da fluência é necessário impedir o deslizamento de contornos de grão. Fatores que influenciam nesse deslizamento dos contornos são as morfologias dos grãos, o ângulo e a velocidade dos contornos de grão. Esta velocidade pode ser diminuída com a presença de uma fase dispersa no material, desde que seja fina e distribuída de forma homogênea. Neste contexto, este trabalho apresenta o desenvolvimento de um novo material Compósito de Matriz Metálica (CMM), que tem como materiais de partida um aço inoxidável ferrítico/martensítico EUROFER 97 (9Cr – 1W), e dois tipos diferentes de Carbeto de Tântalo – TaC, com tamanhos médios de cristalitos de 13,78 nm sintetizado na UFRN e 40,66 nm fornecido pela Aldrich. Objetivando melhorar as propriedades mecânicas da matriz metálica foi adicionado, através da metalurgia do pó, partículas nanométricas desses dois tipos de TaC. Este trabalho discute o efeito da dispersão dos pós na microestrutura das peças sinterizadas. Três tempos de moagem foram utilizados para pós de aço puro, aço com adição de 3% de TaC UFRN e aço com 3% de TaC comercial: 5 horas, no moinho planetário para todos os pós; 8 horas de moagem moinho planetário somente dos pós de aço com TaC comercial; e 24 horas 5 horas do aço puro moído no moinho planetário, depois adicionado 3% de TaC comercial e moído no moinho convencional de bolas por 24 horas. Cada uma das amostras particuladas resultantes foram compactadas a frio uniaxialmente, em uma matriz cilíndrica de5 mmde diâmetro a 600 MPa. Posteriormente, os compactados foram sinterizadas em forno a vácuo, em temperaturas de 1150 e 1250° C com incremento de 20 °C e 10°C por minuto, sendo mantidas neste patamar por 0, 30, 60 e 120 minutos e resfriadas à temperatura ambiente. A distribuição, tamanho e dispersão das partículas dos pós compósitos foram determinados por difração de raios x, microscopia eletrônica de varredura seguida de uma análise química (EDS). As estruturas dos corpos sinterizados foram observadas por microscopia ótica e eletrônica de varredura acompanhada de EDS além da difração de raios x. O material moído por 5 horas e sinterizado na temperatura de 1250°C/60minutos obteve resultado de dureza de até 700,6HV.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 349801 - CARLSON PEREIRA DE SOUZA
Externo ao Programa - 2613355 - FRANCINE ALVES DA COSTA
Externo à Instituição - SERGIO RENATO DA SILVA SOARES - UFMT
Externo à Instituição - SEVERINO JACKSON GUEDES DE LIMA - UFPB
Presidente - 345842 - UILAME UMBELINO GOMES
Notícia cadastrada em: 08/05/2013 09:05
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa22-producao.info.ufrn.br.sigaa22-producao